Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Espaço para conversas agradáveis entre amigos, sobre nosso modelos ou sobre a competição de automodelos que está rolando, até para aquela piada aviatória ou as fotos do seu avião full escala favorito. O papo deve estar relacionado a modelismo ou aviação.

Moderadores: Alvaro Sala, benites

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 04 Mai 2017 01:28

Douglas Lenz escreveu:MD Felix

Vou um pouco além e tomo a liberdade de te alertar sobre um erro básico dos teóricos do aeromodelismo. Pegar o avião escala cheia (avião real) e simplesmente reduzir suas medidas e transforma-lo em um aeromodelo, ou seja o avião real em escala reduzida.
NÃO FUNCIONA!!! não cometa este erro, como disse és engenheiro e entende de teoria aeronáutica, mas entenda que na teoria o aeromodelo é uma coisa na prática é completamente diferente!!!
Não te baseia na tua teoria de aerodinâmica utilizada em aviões reais e simplesmente a aplique num aeromodelo, vai voar? VAI! Vai voar BEM? NÃO !!

Temos dezenas de aeromodelos que foram concebidos desta forma, de aviões reais "reduzidos" ou ainda feitos a partir de teorias que funcionam perfeitamente para aviões... no fim o resultado são aeromodelos ariscos, ruins, instáveis e praticamente incontroláveis. Posso citar como exemplos alguns modelos de caças da 2 guerra ou alguns acrobáticos que stolam até em voo reto nivelado.

Asa de aeromodelo pode parecer muito com uma asa de avião real, só parece, na verdade para voar bem tem que ser diferente (concepção e construção diferente).

Vamos conversando e trocando informações


A sim, com certeza tem que tomar cuidado, o regime de escoamento é totalmente diferente e por não se atentar a isso talvez muitos projetos não dão certo, o regime de escoamento vai influenciar drasticamente no comportamento da aeronave, copiar e colar menor com certeza não funcionará. O stall é um fenômeno um pouco complicado não é mesmo Douglas? Ele depende do aerofólio, da geometria da asa, do angulo de ataque da asa, do vento relativo entre outras coisas, concordo com você, tem que tomar muito cuidado. Rs, mas existem métodos para desenvolver uma asa com boas características de stall que funcionam bem para aeronaves pequenas. Obrigado pelas dicas. Com relação a teoria Douglas é complicado, não quero entrar em detalhes técnicos aqui porque este não foi o foco do tópico, mas não podemos esquecer que os princípios físicos são os mesmos para aeronaves de qualquer tamanho, o que muda é o método a ser utilizado em seu desenvolvimento.

Elilson
membro
Mensagens: 717
Registrado em: 23 Fev 2005 21:28
Localização: Guarujá/ SP

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor Elilson » 04 Mai 2017 08:41

já é dificil para um aeromodelista/empreendedor oferecer para o mercado produtos com qualidade e baixo custo, imagina para um acadêmico que diz não ser necessário ser um aeromodelista!!!! A teoria não corresponde à realidade de mercado na maioria das vezes, pois este ultimo é dinamico e a teoria não acompanha!!!!

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13259
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor LaercioLMB » 04 Mai 2017 09:23

Os princípios físicos por não mudarem é que faz a diferença.
A densidade do ar, velocidade dos ventos, pressão atmosférica, tudo isso não temos como mudar e um avião projetado para se deslocar nesse ambiente se simplesmente reduzirmos a escala dele, terá problemas se não for adaptado para tal.
Muitos problemas de stall de ponta de asa em aeromodelos se dá ao simples fato de terem sido somente reduzidos em escala real do avião o qual foram inspirados. Eu mesmo já cometi esse erro mesmo sabendo disso, errei e comprovei eu mesmo que não se pode reduzir em escala um avião real, por isso desenho em 3 vistas de aviões não servem para construir aeromodelos.
Ahhh, mas estão voando bem!!
Será? Pelo visto esse pessoal não tem a menor ideia do que é voar bem, até mesmo por que em sua maioria, não sabe nem decolar, somente joga o aviãozinho pra cima e o deixa cair em qualquer macega por perto e se acham pilotos e ainda vem criticar aqui os outros.
Sinceramente, investir em um projeto de um aeromodelo novo e diferente de tudo, será quase inviável e como eu já falei antes, isso vai acabar em um asa alta qualquer.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 04 Mai 2017 09:40

Eu queria pedir aos administradores do fórum pra fecharem o tópico por favor. Rs. Muito obrigado mais uma vez a todos que respondeRAM o questionário e pelas dicas aqui no fórum. Vlw pessoal bons voos a todos.

Elilson
membro
Mensagens: 717
Registrado em: 23 Fev 2005 21:28
Localização: Guarujá/ SP

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor Elilson » 04 Mai 2017 09:43

pra variar Laercio, tu pega pesado!!!! Mas o que falas é verdade. Esperamos que o futuro engenheiro enxergue as necessidades do mercado com simplicidade e humildade.
E não tente reinventar a roda!!!!

Avatar do usuário
Douglas Lenz
membro
Mensagens: 1094
Registrado em: 01 Mar 2012 13:56
Localização: Porto Alegre - RS
Contato:

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor Douglas Lenz » 04 Mai 2017 21:57

M.D. Felix

Não foi de bom tom pedir para fechar o tópico, passaste a impressão que entrou aqui só para obter algumas informações convenientes e agora que o já conseguiste não é mais interessante pra ti nossa opinião.

Pois é... desta forma a maior de todas as preocupações que um investidor/comerciante tem que deveria ser o CLIENTE parece ser menos importante que tuas próprias opiniões e conclusões...

Se vais vender o futuro projeto de vocês na Europa e nos EUA tudo bem... sem problemas. Se tens a intenção de vender no Brasil começou MUITO mal, usaste o maior fórum de aeromodelismo do Brasil apenas para obter alguma informação que achava pertinente e quando começou o debate e as considerações, apenas pediu para fechar o tópico. Os aeromodelistas aqui do fórum, ativos online e apenas os observadores não iremos esquecer...

Não existe uma segunda chance de se causar uma boa primeira impressão.

Propõe ao teu invenstidor, no marketing de lançamento do projeto a propaganda com o slogan -

Aeromodelista conheça o novo e revolucionário Aeromodelo XX - Um projeto que não precisa saber da SUA opinião.

BOA SORTE, tu irás precisar....
Abração do meu tamanho!!
Respeitosamente
Douglas Lenz

Elilson
membro
Mensagens: 717
Registrado em: 23 Fev 2005 21:28
Localização: Guarujá/ SP

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor Elilson » 04 Mai 2017 22:42

esses gaúchos pegam pesado!!!! Mas se o candidato a engenheiro aeronáutico ler e refletir, tirará otimos aprendizados que não existe na sala de aula!! Essa lição serve para qualquer um que deseja empreender.
Parabéns ao Laércio e o Douglas pela aula de empreendedorismo e sabedoria!!!

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 04 Mai 2017 23:47

Senhores. Acho que vcs interpretaram errado, desde o início venho agradecendo as dicas de vocês, em nenhum momento quiz ofender ninguém, muito menos vocês que estão me ajudando, aceitei e continuo aceitando todas as críticas de vocês, só pedi que fechassem o tópico pois senti que a conversa estava tomando um rumo diferente do que foi proposto no início, sou membro do fórum a alguns anos, não viria aqui pra me aproveitar de ninguém, nunca subestimei o potencial do fórum, muito menos das pessoas que aqui dividem opiniões, se os senhores prestarem atenção, estou aqui pra tentar ajudar também, tentando desenvolver algo mais acessível, a não ser que os senhores não queiram isso, porém, ao invés de incentivo, a maioria de vocês falaram que não ia dar certo e eu nao me sinto ofendido, em nenhum momento questionei a capacidade dos senhores pilotarem suas aeronaves, inclusive sei que a opinião de vcs é mais importante que qualquer estágio do projeto. Peço desculpas de coração se ofendi alguém, esta não era à intenção. Agora do ponto de vista teórico nunca vi piloto da embraer construindo aeronaves, eles contratam engenheiros pra isso, o que eu tô querendo dizer, é que dá mesma forma que o senhor manuseia a arenosa como piloto eu posso construir como engenheiro, infelizmente temos que aceitar isso, eu não posso pilotar, posso até tentar, nunca serei piloto como os senhores,os senhores passaram anos treinando da mesma forma que eu passei anos nos estudando. Cada um no seu quadrado amigo, só que é uma mão lavando a outra, ninguém chega a lugar algum sozinho e por isso pedi a opinião de vocêsque é super im portante para mim, Agora será que algum empreendedor frustrado já tentou pedir a opinião de outros que entendem de como funciona as coisas? Sacou? Agora amigo, se vc não 1uizet comprar um produto bom e barato, continua importando o dinheiro é seu e eu não tenho nada a ver com isso, mas continuarei, apesar dos apoios negativos, com o projeto pra quem quer.

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13259
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor LaercioLMB » 05 Mai 2017 00:03

Eu não me ofendi e tão pouco tive a intenção de ofender ninguém e menos ainda, falei que algo não ia dar certo.
Só comentei no início a probabilidade de pelo menos 75% de chance de ser um asa alta para abranger a maioria e que ao projetar um modelo não podemos seguir bases de aviões reais como muitos fazem, não que seja o seu caso, mas para evitar que viesse a ser e tivesse problemas com seu modelo.
Muitos aqui acham que eu só critico tudo, mas esquecem que existe algo chamado critica construtiva, na qual se mostra as probabilidade de haver algum problema em uma determinada situação e damos opções de que ou como fazer para evitar isso, só que muitos (não que seja o seu caso), preferem ouvir (ler) somente elogios e se sentem ofendidos quando dizemos a verdade.
De fato, eu tive uma má impressão sua quando pediu para fechar o tópico, mas infelizmente todo assunto sempre diverge para alguma direção que não a ideia inicial, mas temos como conduzir o assunto de forma a fazê-lo retornar a linha inicial ou impedir que se desvie.
Sei que tem "aeromodelistas" aqui que seguem uma lógica irreal e juram que estão 100% certos, mas quando há problemas com as construções deles, não sabem o motivo justamente por não saberem o correto, seguirem um caminho duvidoso em relação a aerodinâmica de um aeromodelo, centro de equilíbrio de massa (que não é só nas asas), densidade do ar já que ele é viscoso perante a física, embora muitos não acreditem nisso e quando se tenta ajudar mostrando um erro, se ofendem.
eu também erro e falo isso aqui, tanto é que citei um dos meus erros em relação a escala de um aeromodelo, somente não entrei nos detalhes do quão errei e tudo que afetou o voo do modelo, o que não vinha ao caso aqui, só citei um exemplo.
Não veja da minha parte como ofensa, embora eu também não veja ofensa de outras partes, vai do ponto de vista de cada um.
Não desista do seu projeto, mas o ideal é que você além de projetar, voe com ele para saber na prática se toda a teoria deu certo.
Eu não sigo teorias, sigo regras que são coisas bem distintas e sei que existem certas regras para um aeromodelo voar bem e não fujo delas. Nunca criei um aeromodelo, somente usei modelos existentes como base para algo novo, até mesmo por que eu não tenho capacidade criativa para criar um novo modelo tendo tantos outros já existentes que não temos nem como enumerar todos.
Espero que entenda o que eu tentei te dizer e não veja como ofensa ou ser rude com você, já que o fórum é para trocarmos ideias, seguimos se achamos bom e ignoramos se não nos ajuda, simples assim.
Grato pela sua atenção.
Abraço.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 05 Mai 2017 00:13

LaercioLMB escreveu:Eu não me ofendi e tão pouco tive a intenção de ofender ninguém e menos ainda, falei que algo não ia dar certo.
Só comentei no início a probabilidade de pelo menos 75% de chance de ser um asa alta para abranger a maioria e que ao projetar um modelo não podemos seguir bases de aviões reais como muitos fazem, não que seja o seu caso, mas para evitar que viesse a ser e tivesse problemas com seu modelo.
Muitos aqui acham que eu só critico tudo, mas esquecem que existe algo chamado critica construtiva, na qual se mostra as probabilidade de haver algum problema em uma determinada situação e damos opções de que ou como fazer para evitar isso, só que muitos (não que seja o seu caso), preferem ouvir (ler) somente elogios e se sentem ofendidos quando dizemos a verdade.
De fato, eu tive uma má impressão sua quando pediu para fechar o tópico, mas infelizmente todo assunto sempre diverge para alguma direção que não a ideia inicial, mas temos como conduzir o assunto de forma a fazê-lo retornar a linha inicial ou impedir que se desvie.
Sei que tem "aeromodelistas" aqui que seguem uma lógica irreal e juram que estão 100% certos, mas quando há problemas com as construções deles, não sabem o motivo justamente por não saberem o correto, seguirem um caminho duvidoso em relação a aerodinâmica de um aeromodelo, centro de equilíbrio de massa (que não é só nas asas), densidade do ar já que ele é viscoso perante a física, embora muitos não acreditem nisso e quando se tenta ajudar mostrando um erro, se ofendem.
eu também erro e falo isso aqui, tanto é que citei um dos meus erros em relação a escala de um aeromodelo, somente não entrei nos detalhes do quão errei e tudo que afetou o voo do modelo, o que não vinha ao caso aqui, só citei um exemplo.
Não veja da minha parte como ofensa, embora eu também não veja ofensa de outras partes, vai do ponto de vista de cada um.
Não desista do seu projeto, mas o ideal é que você além de projetar, voe com ele para saber na prática se toda a teoria deu certo.
Eu não sigo teorias, sigo regras que são coisas bem distintas e sei que existem certas regras para um aeromodelo voar bem e não fujo delas. Nunca criei um aeromodelo, somente usei modelos existentes como base para algo novo, até mesmo por que eu não tenho capacidade criativa para criar um novo modelo tendo tantos outros já existentes que não temos nem como enumerar todos.
Espero que entenda o que eu tentei te dizer e não veja como ofensa ou ser rude com você, já que o fórum é para trocarmos ideias, seguimos se achamos bom e ignoramos se não nos ajuda, simples assim.
Grato pela sua atenção.
Abraço.


Entendo a sua posição sim senhor, fica tranquilo que tudo da certo pra todos.

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13259
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor LaercioLMB » 05 Mai 2017 00:14

Grato pela sua compreensão.

Abraço.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

Avatar do usuário
Douglas Lenz
membro
Mensagens: 1094
Registrado em: 01 Mar 2012 13:56
Localização: Porto Alegre - RS
Contato:

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor Douglas Lenz » 05 Mai 2017 12:10

MD Feliz

Da minha parte, faço minhas as palavras do Laércio.

Entretanto, ainda com o único e puro intuito de AJUDAR, como desde o início, baseado no teu parágrafo,

"Agora do ponto de vista teórico nunca vi piloto da embraer construindo aeronaves, eles contratam engenheiros pra isso, o que eu tô querendo dizer, é que dá mesma forma que o senhor manuseia a arenosa como piloto eu posso construir como engenheiro, infelizmente temos que aceitar isso, eu não posso pilotar, posso até tentar, nunca serei piloto como os senhores,os senhores passaram anos treinando da mesma forma que eu passei anos nos estudando".

Tchê, tu estás certo, piloto da embraer não é engenheiro aeronáutico, construir aviões é para engenheiros, mas tenha em mente, aeromodelo NÃO é avião.

Participo de fóruns, não só deste mas também de outros sobre outros assuntos que gosto e acho que é um ótimo lugar para aprender, ensinar e ver coisas diferentes, boas ou absurdas, mas filtrando,no fim, é uma ótima ferramenta, nem que seja só para bater um papo e conhecer coisas novas.
Abração do meu tamanho!!

Respeitosamente

Douglas Lenz

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 05 Mai 2017 13:01

Douglas Lenz escreveu:MD Feliz

Da minha parte, faço minhas as palavras do Laércio.

Entretanto, ainda com o único e puro intuito de AJUDAR, como desde o início, baseado no teu parágrafo,

"Agora do ponto de vista teórico nunca vi piloto da embraer construindo aeronaves, eles contratam engenheiros pra isso, o que eu tô querendo dizer, é que dá mesma forma que o senhor manuseia a arenosa como piloto eu posso construir como engenheiro, infelizmente temos que aceitar isso, eu não posso pilotar, posso até tentar, nunca serei piloto como os senhores,os senhores passaram anos treinando da mesma forma que eu passei anos nos estudando".

Tchê, tu estás certo, piloto da embraer não é engenheiro aeronáutico, construir aviões é para engenheiros, mas tenha em mente, aeromodelo NÃO é avião.

Participo de fóruns, não só deste mas também de outros sobre outros assuntos que gosto e acho que é um ótimo lugar para aprender, ensinar e ver coisas diferentes, boas ou absurdas, mas filtrando,no fim, é uma ótima ferramenta, nem que seja só para bater um papo e conhecer coisas novas.


Boa tarde meu querido, obrigado mais uma vez pelas dicas.

Então me ajude mais um pouco se for possível e me diga, o que seria um "Aeromodelo"?

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13259
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor LaercioLMB » 05 Mai 2017 23:26

Um aeromodelo é uma cópia ou imitação de um avião real, porém adaptado ao meio onde o avião real se desloca já que suas proporções são bem inferiores ao avião real.
Uma cópia exata, mesmo que em escala, seria nas proporções exatas do avião no qual foi copiado o modelo ou aeromodelo no caso aqui.
O perfil usado no avião real já não será o mesmo usado no aeromodelo, pois não atingirá uma velocidade baixa de voo, nos obrigando a ter um aeromodelo com uma velocidade razoavelmente alta para o tamanho dele, o que nos exigirá mais pista tanto para decolagem quanto para o pouso.
As superfícies de comando dele se seguirmos exatamente a escapa do original, serão ineficazes já que pelas proporções, terão pouca área para as dimensões do modelo. Sei disso por experiência própria, onde como falei antes, já cometi esse erro.
Alguns detalhes da fuselagem deverão ser ligeiramente alterados para diminuir ao máximo possível o arrasto, que se não o fizermos, nos exigirá maior potência dos motores para compensar isso e o planeio dele será menor sem motores o que nos coloca em risco de perda do modelo se ficarmos sem bateria ou combustível, seja ele elétrico ou a combustão já que o planeio diminuiu muito devido o arrasto ser maior, o tempo de aproximação até a pista caiu drasticamente e o estol ou stall será atingido mais rapidamente.
Por esse motivo é que se você não tiver um túnel de vento para por em testes todo o seu projeto, terá que aprender a voar para ter certeza de que seus cálculos deram certo e seu projeto está apto 100% para ser comercializado.
Verdade, os pilotos de aviões comerciais não sabem projetar um avião e construir e muitos engenheiros aeronáuticos não sabem pilotar um avião, mas esses mesmos engenheiros aeronáuticos que projetam aviões e não sabem pilotar os mesmos, dispõe de túneis de vento para por em testes todas as suas teorias e verificar se estão aptas a serem postas em prática ou se terão que serem redesenhados.
Novamente te dou como exemplo o meu erro em ter construído um modelo a partir da planta de um original, nem era desenho em 3 vistas, era a planta mesmo e o que consegui, foi um modelo com pouca manobrabilidade e muito arisco, o que me obrigou a fazer algumas alterações para que o voo fosse perfeito.
Se eu não soubesse pilotar e o tivesse feito para comercializar, estaria com ótimo acabamento, ótima aparência e de chamar a atenção em qualquer lugar que fosse, mas quem o comprasse e tivesse essas dificuldades citadas acima, iria logo dizer aos outros que não o comprassem, pois é lindo, mas uma porcaria para voar, assim como muitos modelos que tem para a venda que muitos aeromodelistas já dizem que o voo desses modelos tem algumas características que o cara tem que ser muito bom para não deixar o modelo cair.
Resumindo, são modelos com erros de projetos, sabe-se lá qual o motivo e que quem os projetou, não pilotou para ver as tendências dele e melhorar o que fosse preciso para iniciar a comercialização do modelo o que fez com que o modelo em questão não tivesse boa aceitação e poucos o comprassem somente por ser muito bonito.
Espero que eu tenha me feito entender na resposta a sua dúvida e que tenha compreendido que um aeromodelo não é uma cópia exata de um avião real e sim um modelo com somente a aparência do real, nada mais.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

prowlermdf
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 18 Ago 2015 12:24
Localização: São José dos campos

Re: Produção nacional, baixo custo, qualidade.

Mensagempor prowlermdf » 06 Mai 2017 00:29

LaercioLMB escreveu:Um aeromodelo é uma cópia ou imitação de um avião real, porém adaptado ao meio onde o avião real se desloca já que suas proporções são bem inferiores ao avião real.
Uma cópia exata, mesmo que em escala, seria nas proporções exatas do avião no qual foi copiado o modelo ou aeromodelo no caso aqui.
O perfil usado no avião real já não será o mesmo usado no aeromodelo, pois não atingirá uma velocidade baixa de voo, nos obrigando a ter um aeromodelo com uma velocidade razoavelmente alta para o tamanho dele, o que nos exigirá mais pista tanto para decolagem quanto para o pouso.
As superfícies de comando dele se seguirmos exatamente a escapa do original, serão ineficazes já que pelas proporções, terão pouca área para as dimensões do modelo. Sei disso por experiência própria, onde como falei antes, já cometi esse erro.
Alguns detalhes da fuselagem deverão ser ligeiramente alterados para diminuir ao máximo possível o arrasto, que se não o fizermos, nos exigirá maior potência dos motores para compensar isso e o planeio dele será menor sem motores o que nos coloca em risco de perda do modelo se ficarmos sem bateria ou combustível, seja ele elétrico ou a combustão já que o planeio diminuiu muito devido o arrasto ser maior, o tempo de aproximação até a pista caiu drasticamente e o estol ou stall será atingido mais rapidamente.
Por esse motivo é que se você não tiver um túnel de vento para por em testes todo o seu projeto, terá que aprender a voar para ter certeza de que seus cálculos deram certo e seu projeto está apto 100% para ser comercializado.
Verdade, os pilotos de aviões comerciais não sabem projetar um avião e construir e muitos engenheiros aeronáuticos não sabem pilotar um avião, mas esses mesmos engenheiros aeronáuticos que projetam aviões e não sabem pilotar os mesmos, dispõe de túneis de vento para por em testes todas as suas teorias e verificar se estão aptas a serem postas em prática ou se terão que serem redesenhados.
Novamente te dou como exemplo o meu erro em ter construído um modelo a partir da planta de um original, nem era desenho em 3 vistas, era a planta mesmo e o que consegui, foi um modelo com pouca manobrabilidade e muito arisco, o que me obrigou a fazer algumas alterações para que o voo fosse perfeito.
Se eu não soubesse pilotar e o tivesse feito para comercializar, estaria com ótimo acabamento, ótima aparência e de chamar a atenção em qualquer lugar que fosse, mas quem o comprasse e tivesse essas dificuldades citadas acima, iria logo dizer aos outros que não o comprassem, pois é lindo, mas uma porcaria para voar, assim como muitos modelos que tem para a venda que muitos aeromodelistas já dizem que o voo desses modelos tem algumas características que o cara tem que ser muito bom para não deixar o modelo cair.
Resumindo, são modelos com erros de projetos, sabe-se lá qual o motivo e que quem os projetou, não pilotou para ver as tendências dele e melhorar o que fosse preciso para iniciar a comercialização do modelo o que fez com que o modelo em questão não tivesse boa aceitação e poucos o comprassem somente por ser muito bonito.
Espero que eu tenha me feito entender na resposta a sua dúvida e que tenha compreendido que um aeromodelo não é uma cópia exata de um avião real e sim um modelo com somente a aparência do real, nada mais.


Muito bom, gostei, muito obrigado pela explicação.


Voltar para “Papo de modelista”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes