1º voo e lenha.

Espaço dedicado aos amantes desta modalidade de voo, divida suas experiencias/ideias com outros colegas!

Moderadores: Paulinho, benites

Avatar do usuário
Scorpion
membro
Mensagens: 249
Registrado em: 17 Mai 2009 16:17
Localização: Muriaé / MG

1º voo e lenha.

Mensagempor Scorpion » 26 Set 2010 12:22

Fiz ontem o que considero como o primeiro voo de verdade com o Copterx 450. A cauda estava tremendo um pouco mas dava pra controlar.

Arrisquei coloca-lo a 1 metro do chão e pilotar nessa altura pela primeira vez e consegui. Não é tão dificil assim.
O problema foi que quando estava quase descendo o helicóptero pra poder recarregar a bateria, bateu uma rajada de vento forte e começou a jogar ele de lado.
Até consegui corrigir (ele tem força pra encarar o vento tranquilamente) mas o vento continuou e começou a jogar ele de lado denovo. Aí foi aquele empurra e corrige e ele começou a ir de lado.
Quando vi que ele ia bater eu diminui a aceleração e continuei empurrando ele de lado e consegui pousar sem chocar nada no chão. Infelizmente tinha umas plantas no lugar que ele pousou forte e o rotor bateu ali.


Chequei o helicóptero logo após a queda não notei nada torto ou solto. Se bem que ele só bateu em folhas e mesmo assim com a aceleração quase toda cortada. Quase toda por que eu tive que acelerar ele rápido e desacelerar pra ele chegar ao chão com menos força e evitar maiores danos.
A unica coisa que notei de diferente no funcionamento do helicóptero foi que os comandos do rotor da cauda não funcionavam direito, apesar de ele não ter ficado com nada torto ou solto.

Os danos foram os seguintes:

Uma pá ficou com a ponta amassada e um pouco do revestimento saiu.
A base de encaixe do X de treino quebrou
O servo da cauda ficou estranho.

Em casa eu abri o servo e não vi nada quebrado dentro. Mas quando ele é ligado ao gyro ele fica dando comando pra um dos lados sem parar e nem a chave do limit e nem zerando as programações faz com que ele pare.
Ligando ele em outro canal sem o gyro ele fica normal.
O helicóptero mesmo não entortou nada.

Como não estou com dinheiro e nem paciência pra comprar novas peças pra continuar tentando voar, vou deixar ele parado um tempo e experimentar o aeromodelismo.
Gosto mais de helicóptero, acho eles mais interessantes. Mas o aeromodelismo sai mais barato e esquenta menos a cabeça.
Quando eu puder consertar o heli, vou deixá-lo pra voar uma vez ou outra. Não tenho paciência pra ficar desmontando e dinheiro pra ficar comprando peças direto.
Até o melhor de nós uma hora ou outra cai. Quando se monta um equipamento desses qualquer um sabe disso.

O aeromodelismo vai me proporcionar voar muito, consertar menos e gastar menos. Além do mais, com aeromodelismo ajuda por perto não falta.
O helimodelismo vou mexer quando der muita vontade.

Só espero que com o tempo as empresas que fabricam esses helicopteros passem a fabricar helicópteros em escala de fábrica e não helicópteros desenhados pra 3D com a opção de carenar e instalar flybarless.

É tão ´´esquisito´´ o fato de um helicóptero de aeromodelismo ter somente duas pás que já me perguntaram na rua: Cade as outras 2 helices que ficam em cima dele?


Eles tem a aparência mais parecida com os helicópteros de verdade por ter somente 2 pás e o rotor da cauda de lado, mas tem a parte elétrica toda exposta e corpo preparado pra 3D.
Podiam passar a fabricar helicópteros de aeromodelismo com desenho em escala de fábrica e unir o comportamento dos helicópteros de 4ch com a agilidade e aparência dos de 6ch e isso tudo com uma carenagem em escala feita de alumínio ou fibra de carbono.
Que eu saiba não existe nada assim fabricado em série e vendido por aí.
Em vez de averiguar a verdade, faça suposições e imagine o pior.

Avatar do usuário
Scorpion
membro
Mensagens: 249
Registrado em: 17 Mai 2009 16:17
Localização: Muriaé / MG

Mensagempor Scorpion » 26 Set 2010 12:31

E pra quem está montando do inicio um helicóptero de 6ch sozinho e não tem quem possa ajudar a montar e regular por perto, saiba que é possível coloca-los voar.
Leva tempo, dinheiro e tem que ter muita paciência, mas vale a pena.
Eu consegui. Voces também conseguem.
Só tomem cuidado quando for pilotar por que o negócio é bem sensível a comandos hehehe.

E pra não soar estranho o que eu disse no final do outro post sobre helicópteros de 6ch... É que eu gosto de helimodelismo em escala e acho um absurdo ter que comprar um KIT 3D, uma carenagem e flybarless pra ter algo parecido com um heli de verdade.

O que eu quis dizer foi que podiam começar a projetar helicópteros em escala de fábrica e não modificados. Duvido que não venderia bastante.
Em vez de averiguar a verdade, faça suposições e imagine o pior.

Avatar do usuário
coelho72
membro
Mensagens: 1050
Registrado em: 18 Ago 2006 21:23
Localização: Pelotas / RS

Mensagempor coelho72 » 26 Set 2010 23:47

Se realmente você não gosta de botar o heli na bancada e mexer, então talvez o helimodelismo não seja mesmo sua praia.
Porque na prática, na minha ideia, o principal requisito para o cara ir adiante nos helis é gostar de fuçar na máquina. Desmontar, montar, regular, consertar.
E, também, ter algum estoque das peças que quebram a toda lenha.

A propósito, pelo seu relato o gyro pifou. Que modelo é?
Nada mais prático do que uma boa teoria.

Avatar do usuário
Airton
membro
Mensagens: 2394
Registrado em: 17 Abr 2008 14:21
Localização: Brasília - DF

Mensagempor Airton » 27 Set 2010 10:29

[quote:e152a33361="coelho72"]

A propósito, pelo seu relato o gyro pifou. Que modelo é?[/quote:e152a33361]

Hi rapaz!! Não deixa o homem com a cobra na mão mais preocupado não...

Não vi nada no relato que comprove gyro quebrado. O servo desliza naturalmente para um dos lados quando o Gyro está no modo HH, só isto.

Quanto ao restante, concordo plenamente. Tenho acompanhado o desempenho de diversos novatos por aqui. Aqueles que não tem lá muita paciência com a fase de montagem e bancada, voam menos, por isto voam mal, gastam mais, caem mais e desistem com mais frequência.

Agora, se não tem um helimodelista experiente do teu lado para te ajudar... Ai a coisa é fica complicadíssima para evoluir.

Abs,

Airton
Evoluindo um pouco mais a cada dia!

Avatar do usuário
coelho72
membro
Mensagens: 1050
Registrado em: 18 Ago 2006 21:23
Localização: Pelotas / RS

Mensagempor coelho72 » 27 Set 2010 10:37

Airton,
Realmente você tem razão. Li rápido e entendi que o servo da cauda ficava se mexendo para um lado e para o outro, o que indicaria gyro pifado. Se está indo devagarinho apenas para um lado está correto, um giro trava-cauda funciona assim mesmo.

Quanto ao seu último comentário, concordo em parte. Eu mesmo comecei do zero em helis sem ter mais nenhum helimodelista aqui na cidade. Mas o fórum do e-voo funciona como se tivesse um!
Acho que mais vale 10 modelistas experientes à distância do que 1 do lado da gente!
O único lado ruim é que o fórum não verifica ajustes nem trima o heli pra você.
Nada mais prático do que uma boa teoria.

Avatar do usuário
floydbh
membro
Mensagens: 2185
Registrado em: 22 Fev 2010 20:13
Localização: Belo Horizonte - MG
Contato:

Mensagempor floydbh » 27 Set 2010 10:39

Uma coisa que não entendi é.... se nem os kits vem completos... como você quer que os escalas vem!?

Ah! meu primeiro voo foi semelhante ao seu... uma rajada de vento e, cade?! num pouso de emergencia e lá se foi meu rotor traseiro!

Mas eu já tinha feito compra de peças de reposição justamente esperando que algo iria acontecer, mesmo porque não havia nenhum helimodelista para me ajudar no meu primeiro voo!

Avatar do usuário
floydbh
membro
Mensagens: 2185
Registrado em: 22 Fev 2010 20:13
Localização: Belo Horizonte - MG
Contato:

Mensagempor floydbh » 27 Set 2010 10:42

[quote:5fd3c6cdfa="coelho72"] ...
Acho que mais vale 10 modelistas experientes à distância do que 1 do lado da gente!
O único lado ruim é que o fórum não verifica ajustes nem trima o heli pra você.[/quote:5fd3c6cdfa]


E no forum para um iniciante, é muito dificil discernir o post que está para contribuir do post que está para "atrapalhar".
Até hoje tudo que aprendi foi nos foruns... mas confesso que sinto falta de uma pessoa experiente para me ensinar a voar!
Vendo Tudo!!

Avatar do usuário
valter_ribeiro
membro
Mensagens: 1892
Registrado em: 14 Dez 2009 09:05
Localização: Rio Brilhante - MS
Contato:

Mensagempor valter_ribeiro » 27 Set 2010 10:55

Montar e regular o heli é quase mais divertido que voar, é uma ‘arte’, é indescritível o prazer de ver um heli que você mesmo montou do primeiro ao último parafuso voando reguladinho, sem tendências, com estabilidade, dá uma sensação de dever cumprido muito grande, você vê o resultado da dedicação na prática, vê o resultado de algo que você mesmo fez. Tempo perdido na montagem é tempo ganho em voo, pois um heli bem montado voa melhor. NINGUEM monta bem um heli com pressa, é trabalho que exige atenção e paciência.
Lenhar todo mundo lenha, ter peças de reposição em casa é básico, se não precisarmos beleza, mas caso seja necessário já tá tudo ali, não existe nada mais desanimador do que, após fazer alguns voos, ter que esperar de 20 a 40 dias para receber peças novas.
Como sou reconhecidamente viciado em helimodelismo, não aconselho ninguém a desistir de um hobby tão magnífico, mas é questão pessoal, você tem que ver se tem o perfil de helimodelista, se não quer “perder tempo” com regulagens, montagens e ajustes, esse definitivamente não é o hobby ideal para você.

Avatar do usuário
Damer
membro
Mensagens: 293
Registrado em: 09 Nov 2009 17:43
Localização: Palmeira das Missoes - RS

Mensagempor Damer » 27 Set 2010 11:41

Penso da mesma forma que o Valter, desmontar e remontar o heli é mais divertido do que voar, para mim é um tira stress..... Também sou novato, não tenho nenhum helimodelista na cidade apenas aero.... então pra mim foi um desafio muito grande montar um kit do 0 e ve-lo voando... é muito gratificante, claro que isso demanda muito tempo e dinheiro disponivel para realizar esse hobby, Coisas basicas no helimodelismo é tempo e dinheiro... o resto.....

Avatar do usuário
Scorpion
membro
Mensagens: 249
Registrado em: 17 Mai 2009 16:17
Localização: Muriaé / MG

Mensagempor Scorpion » 27 Set 2010 13:15

No começo eu adorei a ideia de pegar uma coisa totalmente do inicio e montar, regular e fazer voar.

O que me desanima de desmontar e montar o helicóptero são os parafusos. Se fosse só encaixar a chave e retirar o parafuso, não seria nenhum problema. Mas tem alguns que são muito difíceis de retirar e perco muito tempo com algo que na teoria seria fácil de fazer.

Vou ver se conserto o heli e deixo ele pra voar uma vez ou outra. Helimodelismo eu não posso me dar ao luxo de voar todo dia por enquanto.
As peças custam caro e eu não quero ter esses gastos e preocupações toda semana.

No aeromodelismo não vai me faltar ajuda pessoalmente e no helimodelismo nunca me faltou ajuda online.
Posso praticar os dois se quiser, mas minha meta é me divertir mais e me preocupar menos e gastar menos.
Em vez de averiguar a verdade, faça suposições e imagine o pior.

Avatar do usuário
Scorpion
membro
Mensagens: 249
Registrado em: 17 Mai 2009 16:17
Localização: Muriaé / MG

Mensagempor Scorpion » 27 Set 2010 13:43

Não achei difícil de pilotar. Em lugar com chão liso e sem vento eu acho até meio difícil eu derrubar ele em um hover.

Quanto ao gyro, não parece ter nenhum defeito. O que notei de esquisito no dia foi que o servo da cauda não recebia comando corretamente pra um lado.
Desmontei ele, chequei as engrenagens e montei denovo. Conectei em um canal e ele se mexe bem, mas parece que não está bom.

Outra coisa que notei de esquisito foi que o servo conectado no gyro dando comando pra 1 lado, com o motor acelerado dá um rangido estranho e quando desacelero, a rotação do rotor cai rapidamente.
Esse rangido só acontece nesse caso. Talvez seja o excesso de passo no rotor da cauda provocado pelo servo.

Quando eu tiver dinheiro eu conserto o heli. Por enquanto vou tirar uma folga de tudo isso.


Voltar para “Helicópteros - Classes 550 a 800”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Bing [Bot] e 9 visitantes