Embryo Endurance - Regulamento, referências, plantas, etc.

Nos aeromodelos de vôo livre reside a verdadeira ciência do aeromodelismo: a arte de construir, preparar e trimar um modelo para voar sozinho, sem interferência humana. Elétricos, à elástico ou catapultados, este é o lugar!

Moderador: Alvaro Sala

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Embryo Endurance - Regulamento, referências, plantas, etc.

Mensagempor FranciscoNeto » 11 Out 2013 15:26

Desde que o tema aflorou, ganhou minha simpatia por se tratar de uma classe indoor e a partir de então passei a pesquisar sobre ela descobrindo no HPA e outros sites que também é viável voar esses modelinhos peso pena em ambiente outdoor uma vez observados alguns importantes detalhes.

Passo a seguir a compartilhar com os amigos as informações colhidas.

Inicialmente a versão livre das regras em português. Ao final do post segue a transcrição das regras obtidas no site do Flying Aces Club. Sim, o Embrio Endurance é uma classe FAC (Flying Aces Club) e não AMA como eu pensava.

Versão em Português - Se você encontrar algum êrro ou forma mais adequada peço me informar por MP para que eu possa editar o post.

O Regulamento vigente para 2012-2013

[b:eb1672f8e2]3.0 EMBRYO ENDURANCE[/b:eb1672f8e2]
[u:eb1672f8e2]A. Sobre o modelo[/u:eb1672f8e2]
1. A mensuração da área alar é tomada no plano horizontal.
2. Para Monoplanos a área alar não pode exceder 50 pol²
3. Para Biplanos a área alar não pode exceder 70 pol² e a asa maior não pode exceder 45 pol²
4. A área do estabilizador não pode exceder 50% da área alar
5. Qualquer parte da asa assentada ou transversal à fuselagem é computada como área alar.
6. A fuselagem deve ter dimensões capazes de conter um paralelepípedo retângulo com dimensões mínimas de 1,25 x 1,50 x 3,00 pol ²
7. A asa e os elementos de cauda devem ser construídos e cobertos em ambos os lados com papel japonês ou equivalentye

[u:eb1672f8e2]B. Envergadura[/u:eb1672f8e2]
Não aplicável.

[u:eb1672f8e2]C. Trem de Pouso[/u:eb1672f8e2]
1. Devem apresentar formato convencional, a saber, duas pernas cada uma contendo uma única roda
2. As rodas devem ter diâmetro mínimo de 3/4 pol e devem girar livremente nos eixos

[u:eb1672f8e2]D. Lançamento[/u:eb1672f8e2]
O modelo deve estar apoiado sobre 3 pontos e decolar do solo (uma placa plana ou qualquer outra superfície considerada pista) sem qualquer auxílio ou movimento que possa favorecer o abandono da posição inercial.

[u:eb1672f8e2]E. Critérios de Bonificação[/u:eb1672f8e2]
Serão acrescidos aos tempos de voo as seguintes pontuações:
1 ponto para utilização de escapamentos tri-dimensionais;
3 pontos para carenagens de rodas tri-dimensionais
5 pontos Pra cockpit aberto com parabrisa e apoio de cabeça
5 pontos para canopy bolha com apoio de cabeça e contendo no mínimo a silueta da cabeça do piloto
5 pontos para cabine saliente com parabrisa inclinado no mínimo 30º em relação à linha de tração

[u:eb1672f8e2]F. Pontuação por voo[/u:eb1672f8e2]
Será a soma de 3 voos

[u:eb1672f8e2]G Voo Oficial (válido)[/u:eb1672f8e2]
São considerados aqueles compreendidos entre 20 (mínimo) e 120 (máximo) segundos

[u:eb1672f8e2]H Pontuação Total[/u:eb1672f8e2]
Será a soma da pontuação por voo e bonificações
------------------------------------------------------------------------------------------------
Além das regras específicas, algumas regras básicas do FAC também regulam a construção dos modelos, a saber:

[u:eb1672f8e2]Regras Básicas para todas as competições:[/u:eb1672f8e2]

A. A envergadura é medida fisicamente de ponta a ponta da asa (Envergadura Projetada).
B. Todos os modelos devem ser construídos basicamente com madeira balsa e entelados com papel japonês ou equivalente. Outros papéis ou tecidos são proibídos.
...
D. Parabrisas, capotas e janelas devem ser feitos com material translúcido.
...
G. É vedado o uso de hélices folder ou retráteis.
...
R. É vedado o uso de qualquer dispositivo comandado à distância

Os demais itens dessas regras básicas dizem respeito à competição não influenciando a construção do modelo.
_____________________________________________________________________
[b:eb1672f8e2]3.0 EMBRYO ENDURANCE[/b:eb1672f8e2]
Competition for non-scale FAC endurance type sport models.
[u:eb1672f8e2]A. Design considerations:[/u:eb1672f8e2]
1. Wing Area (WA) is measured off of the flat plan.
2. MONOPLANES not to exceed 50 sq. inches of wing area.
3. BIPLANES not to exceed 70 sq. inches of WA, with 45 sq. inches WA maximum for the larger wing.
4. Stab area not to exceed 50% of the wing area.
5. Any part of any wing that sits on top of or passes through the fuselage is considered wing area.
6. Fuselage volume to enclose a space 1.25 x 1.50 x 3.00 inches or larger.
7. The wing and tail must be built up and covered on both sides with Japanese tissue or equivalent.
[u:eb1672f8e2]B. Wing span:[/u:eb1672f8e2]
Not applicable, but refer to wing area rules above.
[u:eb1672f8e2]C. Landing gear[/u:eb1672f8e2]:
1. Landing gear legs must be in conventional configuration. For example, two wheels on a single landing
gear leg are prohibited.
2. Wheels must be 3/4 inches or larger in diameter, and must rotate freely on their axles.
[u:eb1672f8e2]D. Launch technique[/u:eb1672f8e2]:
Model must R.O.G. UNASSISTED from a three-point rest off a card table or other
suitable “runway.” No “bouncing,” pushing, etc., during ROG!
[u:eb1672f8e2]E. Bonus points[/u:eb1672f8e2]:
Cumulative; added just once to the total flight points.
POINTS CRITERIA
1 3-dimensional exhaust pipes
3 3-dimensional wheel pants
5 Open cockpit with windscreen and headrest
5 Full bubble canopy containing head rest and (at a minimum) a pilot's head silhouette.
5 Raised cabin with no less than a 30-degree windshield slant, measured from the thrust line.
[u:eb1672f8e2]F. Flight scoring[/u:eb1672f8e2]:
Total of three flights
[u:eb1672f8e2]G. Official flight[/u:eb1672f8e2]:
As per standard FAC Primary Rules. Min. 20 sec., Max 120 sec.
[u:eb1672f8e2]H. Total Score[/u:eb1672f8e2]:
Flight score + bonus points

------------------------------------------------------------------------------------------------

[b:eb1672f8e2]PRIMARY RULES: All events[/b:eb1672f8e2]
PRIMARY RULES apply to ALL MODELS in ALL FAC events, unless specified otherwise in the rules for
a specific event.
A. Wing span is PROJECTED, i.e. physically measured wingtip to wingtip on the model.
B. All models must be constructed primarily of balsa wood, and covered with Japanese tissue or equivalent.
Condenser paper and modern lightweight tissues such as Gampi are prohibited.
C. Foam and other non-balsa materials may be used to construct:
1. “Add on” parts such as air scoops, radiators, guns, tail cones and the like.
2. Engine cowls up to the firewall.
D. All windscreens, canopies, and windows must be of a clear material.
E. Aircraft with retractable landing gear may be modeled gear up or down, unless specified otherwise.
F. All events are for rubber powered models except:
1. FAC Power Scale
2. Jet Catapult
3. Old Time Gas Replica
G. Props that fold or feather before the model lands are prohibited in ALL FAC EVENTS. Unless otherwise
specified for a given event, there are no other prop size or type restrictions.
H. Entrant must be the builder of the model they enter. Proxy entries allowed at the CD's discretion.
I. Number of model considerations:
1. Each builder is permitted only one example of a specific design for a specific event.
2. No “back-up” models permitted unless allowed by a specific event rule.
3. A contestant may enter two different models in any FAC event.
a. The higher scoring model will be used to determine the contestant’s standing.
b. The lower scoring model does not qualify (DNQ) for inclusion in the standings.
J. All events are hand launched unless a specific event rule states otherwise.
K. All timed flights are in seconds and rounded down to the last full second, including “averaged” times.
L. An official timed flight shall be (unless a specific event rule states otherwise):
1. 20 seconds MINIMUM.
2. 120 seconds MAXIMUM.
M. Three different contestants must each make an official flight for the winner to receive a “Kanone”.
N. A official timed flight score recorded in one event cannot be used as an official time score for another event.
O. Binoculars may be used in all events to track models in the air.
P. Contestants are solely responsible for promptly turning in their timing slips after a flight for posting, and
for keeping track of his or her qualifying models and flights. Holding time slips until the end of the contest
places an undue burden on the CD, and is STRONGLY DISCOURAGED.
Q. The CD is solely responsible for posting flight times promptly.
R. The use of any R/C device during FAC competition is forbidden.
Stick & Tissue Forever!

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Mensagempor FranciscoNeto » 11 Out 2013 15:36

Para os amigos que apreciam criar os seus projetos no lugar de construir a partir de plantas desenhadas por terceiros aqui vai o link para um completo artigo sobre o assunto publicado no HPA.

http://www.hippocketaeronautics.com/downloads/Growing_Embryos.pdf

Recomendo a leitura também para aqueles que como eu prefere construir a partir de plantas de terceiros pois alguns pontos abordados serão úteis na fase de trimagem, principalmente para tornar menos provável o..[size=18:9fdc1c4ecb]Vai[/size:9fdc1c4ecb][size=24:9fdc1c4ecb] perdê!!![/size:9fdc1c4ecb]
Stick & Tissue Forever!

Fernando Reis Carvalho
membro
Mensagens: 184
Registrado em: 03 Mai 2013 23:26
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Fernando Reis Carvalho » 11 Out 2013 19:39

EXCELENTE!!!! Agora é só as bancadas e seus respectivos construtores entrarem em sintonia heheheheh

Avatar do usuário
Alvaro Sala
Equipe E-voo.com
Mensagens: 4462
Registrado em: 06 Jul 2006 21:35
Localização: São Paulo - SP
Contato:

Mensagempor Alvaro Sala » 11 Out 2013 20:09

Boa Francisco!
Você poderia fazer a versão brasileira das regras?
Não sei no que vai dar, mas vamos deixar fixo por enquanto.

Avatar do usuário
Alvaro Sala
Equipe E-voo.com
Mensagens: 4462
Registrado em: 06 Jul 2006 21:35
Localização: São Paulo - SP
Contato:

Mensagempor Alvaro Sala » 11 Out 2013 20:34

Vai aqui minha contribuição.
O Ginasial voou bem (ainda está por aí) A planta não está muito detalhada, mas é só construir com varetas de 1/16.
O que não aparece na planta dá pra ver no vídeo:
[yt]4FvLOh2k4kw[/yt]
Anexos
Gin.zip
(9.54 KiB) Baixado 209 vezes
Voo livre, a verdadeira ciência do aeromodelismo: a arte de construir, preparar e trimar um modelo para voar sozinho, sem interferência humana.

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Mensagempor FranciscoNeto » 15 Out 2013 18:25

[quote:4edf139b1d="Alvaro Sala"]Boa Francisco!
Você poderia fazer a versão brasileira das regras?
....[/quote:4edf139b1d]

Agora em português - post inicial editado e com os necessários complementos.
Stick & Tissue Forever!

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Mensagempor FranciscoNeto » 15 Out 2013 18:46

Algumas informações colhidas na web dão conta que os pesos usuais objetivando os 120 s máximos devem se situar nas seguintes faixas para :
- indoor: de 9 a 14 g
- outdoor: de 14 a 20 g

Pelo que pude ver hélices entalhadas são as que possibilitam os pesos mínimos.

Para ambos é usada balsa 1/16" e 1/20" e no outdoor se necessário algo de 3/32" todas preferencialmente com densidade entre 5 e 8 g/pol².

Madeira com maior rigidez apenas na longarina principal da asa e nas longarinas da fuselagem.
Stick & Tissue Forever!

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Mensagempor FranciscoNeto » 22 Out 2013 16:40

Enquanto eu aprendia alguma coisa sobre os Embryos fui encontrando diversas plantas e delas selecionei as apontadas pelos links abaixo para quem estiver interessado em conhece-las e se for o caso baixar. Todas elas em formato pdf e com possibilidade de impressão doméstica em papel A4.

[url=http://tinyurl.com/q3af6yr]FA Mouth[/url]

[url=http://tinyurl.com/pfjwfyd]Prairie Bird[/url]

e o [url=http://tinyurl.com/lakjov7]Born Loser[/url] que foi por mim escolhido para construção - ver tópico próprio[url=http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.php?t=163251] Born Loser - Embryo[/url]
Stick & Tissue Forever!

Avatar do usuário
Edson Carvalho
membro
Mensagens: 867
Registrado em: 28 Fev 2013 17:20
Localização: Marília SP

Mensagempor Edson Carvalho » 04 Jun 2014 18:36

Olá Francisco!

Gostaria de saber se você construiu o Born Loser.

Bons voos

Avatar do usuário
FranciscoNeto
membro
Mensagens: 498
Registrado em: 26 Abr 2010 17:37
Localização: Indaiatuba - SP

Mensagempor FranciscoNeto » 05 Ago 2014 18:56

[quote:b2ae27caf7="Edson Carvalho"]Olá Francisco!

Gostaria de saber se você construiu o Born Loser.

Bons voos[/quote:b2ae27caf7]

Edson, a resposta é sim... e não. Explico:

O resultado foi abaixo da crítica... preciso me adaptar à entelagem de partes feitas com esses palitinhos de 1/16"... elas teimam em tomar formas curvas. :cry:

Está guardado para fazer experimentos de pintura com aerógrafo. Assim que tiver instalada minha nova oficina vou encarar o Born Loser II.

Desculpe a demora em responder mas estive longe do fórum por longo período... demasiadamente ocupado em ser feliz!
Stick & Tissue Forever!


Voltar para “Vôo Livre”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes