Cloud Tramp - Construção em português

Nos aeromodelos de vôo livre reside a verdadeira ciência do aeromodelismo: a arte de construir, preparar e trimar um modelo para voar sozinho, sem interferência humana. Elétricos, à elástico ou catapultados, este é o lugar!

Moderador: Alvaro Sala

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Cloud Tramp - Construção em português

Mensagempor alepacau » 08 Mar 2006 19:28

Agora ninguém tem desculpa: Traduzi o texto que o Omar gentilmente postou, mas que estava em inglês, para o português. É uma tradução livre, fiz correndo, então, perdoem-me as gafes.

-------
por CHARLES H. GRANT

Este pode ser um modelo para novatos mas sua performance impõe respeito. Monte um e voe-o sempre que material complicado que rola em outras modalidades lhe tirar o ânimo. Só balsa.

O método de colar a deriva/leme na lateral da vareta/fuselagem é o mais simples. Permite que o elástico funcione ao longo de toda a extenção da vareta. A Asa é fixa por elásticos, deslisa para ajustar o modelo.

Por que você é fã de aeromodelos? É porque você aprecia a frustração nascida no manuseio de complicados motores a explosão com somente um vôo ocasional; porque você aprecia o trabalho de construir estruturas intricadas; porque você se excita ao conduzir de um "yo-yo" motorizado, rugindo através dos círculos repetidos na ponta do controle por cabo; ou é porque você alcança profunda satisfação com repetidos vôos, realistas e completamente estáveis, que requerem um esforço mínimo de construção e reparo? Se você prefere o último, construa este modelo simples. Ele dará a você tanto quanto 20 a 30 excitantes vôos em uma tarde, sem interrupção, e tudo dentro dos limites de um campo de baseball.

Vôos mais longos de um minuto ou mais à alturas de mais de 100m podem ser obtidos lubrificando o motor com glicerina, esticando-o 2-1/2 vezes seu comprimento e enrolando-o 900 voltas. O motor não deve ser enrolado mais de 400 voltas quando estiver seco e enrolado à mão.

Estude as plantas com cuidado e antes que você comece a construir tenha certeza de que você sabe a função, o material, o tamanho e a forma exatas de cada parte e como todas as peças são colocadas e unidas ao conjunto.

Comece com folha de balsa: meio dura, um comprimento total de 40 polegadas, 3 polegadas de largura, 3/64 polegadas de espessura. Desta, corte a asa, 22 polegadas de comprimento; os estabilizadores, 10 polegadas de comprimento; e a deriva/leme, 3-3/4 polegadas de altura. Dê forma às pontas da asa, ao estabilizador e à deriva de acordo com os gabaritos fornecidos na planta.

De outra folha de balsa, meio dura, 4 polegadas de comprimento, 3 de largura, 1/8 de polegada de espessura, corte o bloco de incidência da asa e 4 nervuras com o exato desenho fornecido na planta. Então use:

Balsa: meio dura, 4 polegadas de comprimento, 3/4 pol. de largura, 3/16 pol. de espessura. Este será o bloco central da asa e chanfre-o como mostrado na planta. Lixe o "V" para ajustar a forma.

Folha de balsa: dura, 2 x 2 x 1/16 pol., de onde se vai cortar 2 tiras para o montante da asa, 1-5/8 pol. de comprimento e 3/4 pol. de largura, com os veios da madeira correndo transversalmente.

Vareta de balsa: balsa dura, 18 pol. de comprimento, seção transversal quadrada de 1/4 de pol..

Hélice de balsa entalhada: 8 pol. de comprimento. Entalhe as lâminas da hélice, arredonde as pontas, lixe todas as superfícies e faça o balanceamento no arame através do furo do eixo. Faça um recesso na altura do cubo num formato côncavo como mostrado na vista lateral (planta).

Hélice plástica moldada: 8 pol. de comprimento. (Pode ser usada se uma hélice de balsa não está disponível mas os vôos serão mais curtos por causa do peso maior e do passo menor dos tipos agora encontrados no mercado).

Rodas: madeira dura, diâmetro de 1-1/4 pol., 1/4 de pol. de espessura.

Suporte para o eixo da hélice: aço, formato "L", cubo 13/16 e 5/16 de pol. de comprimento, meio círculo de seção transversal 3/32 de pol. de largura.

Arruelas: duas, bronze, diâmetro exterior de 3/16 de pol., furo de 3/64 de pol. (minimo), no eixo da hélice entre a hélice e o rolamento.

Arame de aço: duro (não recozido), 21 pol. de comprimento, 032-.035 de diâmetro. Com ele faça o trem de aterragem, eixo da hélice, gancho da cauda, e gancho do motor de acordo com o tamanho e a forma dados nas plantas, (o eixo do suporte, a cauda e os ganchos do motor são mostrados em escala cheia).

Borracha para o motor: 10 pés. de comprimento (cerca de 3 metros), 1/8 x 1/30 chato.

Cola impermeável e de secagem rápida (SuperBonder, Cyano etc).

Trecos variados, como alfinetes, prendedores de roupa, lixa, alicates, faca/estilete, lâmina de barbear (gilette), etc..

Para montar, vinque a folha da asa exatamente no centro e cole o bloco central em "V" no vinco. Prenda no lugar até que seque com pinos e braçadeiras como indicado, e suspenda as pontas de asa no ângulo do diedro mostrado na planta até que tudo esteja bem seco.

Cole os quatro reforços da asa (nervuras) à superfície inferior da asa: prenda com pinos e braçadeiras até que seque.

Cole o bloco da incidência na borda traseira do bloco em "V" da asa.

Cole o estabilizador e a deriva na vareta de 1/4 de pol.: prenda com alfinetes até que seque.

Cole o suporte da hélice na ponta da vareta do motor (a vareta de 1/4) e "solde" firmemente com linha e cola.

Solde o trem de aterragem abaixo do suporte da hélice, na vareta de 1/4 com linha e cola.

Ponha as rodas nos eixos e dobre as pontas do arame para cima com alicate.

Cole o gancho da cauda na traseira da vareta do motor.

Passe a extremidade do eixo da hélice através do suporte, dobre a extremidade excedente em um laço e dirija o laço para trás na face dianteira do cubo da hélice após ter aplicado cola ao laço (para o Desafio Cloud Tramp 2 minutos desconsidere essa instrução, pois você deve usar um dispositivo de giro livre).

Cole as tiras do montante da asa na posição indicada.

Prenda a asa no lugar com 2-1/2 pol. de elástico (use dois se preciso).

Coloque arruelas no eixo da hélice e antes do gancho.

Enganche o gancho "S" ("S" hook) no gancho da cauda e passe o elástico até que se tenha quatro tiras do elástico através do gancho do eixo da hélice e do gancho "S", sem que fiquem muito esticadas. Amarre as extremidades do elástico e posicione o nó na extremidade traseira do motor ajustando os laços de elástico.

O motor deve incluir quatro tiras do elástico, (dois laços). Uma tira extra pode ser usada com hélice de balsa quando as decolagens forem do chão (ROG) e quando se desejar altas taxas de ascenção.

Cuidado na construção, caprichando e alinhando seu Cloud Tramp (Andarilho das Nuvens) lhe dará o aeromodelo mais confiável e de melhor performance que você já construiu, não deixe sua simplicidade enganar você.

Para voar, equilibre o modelo nas extremidades de dois dedos, apoiando o modelo em dois pontos da asa, cada um aproximadamente 2 pol. do centro da asa e cerca de metade da corda (meio do caminho entre a borda de ataque e a de fuga).

Se o modelo não equilibrar ao nível, mova a asa para a frente e para trás ao longo da vareta o necessário para trazer o modelo ao equilibrio quando apoiado nos dedos.

Quando equilibrado, teste o planeio do modelo delicadamente, lançando-o da mão (sobre grama alta).

Quando o planeio for liso e uniforme, enrole o motor (elástico) pela hélice aproximadamente 100 voltas e lançe-o da mão delicadamente. Se o modelo voar sem estolar ou mergulhar, enrole aproximadamente 300 voltas e lançe-o para um vôo longo.

Se o modelo estolar, mova a asa 1/4 de pol. para trás. Se mergulhar, mova a asa para a frente 1/4 de pol. Dê corda então outra vez e voe-o, ajustando a asa na vareta até que o vôo esteja uniforme. Voltas máximas no elástico pela mão são 400; com winder (enrolador mecânico ou elétrico), 900.
-----

Fotos e comentários sobre a construções vocês podem encontrar no tópico original: http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.php?t=8596

Uma instrução mais detalhada de como ajustar o vôo está em:

http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.php?t=9111

Boa sorte e não deixem de colocar suas dúvidas aqui. Ajudaremos sempre que possível.
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 08 Mar 2006 20:15

Fotos de partes do meu segundo Cloud Tramp (o primeiro, que participaria do WWP promovido aqui pelo Beto Castrucci) se perdeu num matagal...

As rodinhas são de depron de 5mm e pintadas com hidrocor e tinta preta.

O suporte da hélice é feito do próprio arame do trem de pouso, um parafuso com porca, furado ao meio no sentido do comprimento, para a passagem de um tubinho de cobre(?) vendido na Aerobrás, por onde irá passar o eixo da hélice. Tanto o trem virar suporte quanto o lance do parafuso não são idéias minhas. A idéia do trem/suporte é o Edu Yamim. A do parafuso é coisa encontravel no site oficial do CT.

É interessante o uso do arame porque ele simplifica o processo de ajuste da linha de tração da hélice (pra que não haja estol de motor, no lançamento do modelo quando o elástico está com muita carga). Note que o conjunto arame/suporte do eixo da hélice aponta para baixo, já prevendo uma linha de tração para baixo.
Anexos
furando_parafuso.gif
furando_parafuso.gif (4.96 KiB) Exibido 58865 vezes
ct_rodinhas.jpg
ct_rodinhas.jpg (30.59 KiB) Exibido 58288 vezes
ct_suporte_motor.jpg
ct_suporte_motor.jpg (34.22 KiB) Exibido 58291 vezes
ct_trem+suporte.jpg
ct_trem+suporte.jpg (38.77 KiB) Exibido 58289 vezes
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 08 Mar 2006 22:13

Alex,

Legal você ter traduzido o texto do Cloud Tramp.

Gostei do suporte da hélice, vou adotar no meu próximo. O meu atual está uma vergonha.

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 12 Mar 2006 12:23

BOM DIA !

Uma perguntinha!

O elastico do motor, por um acaso é aquele que esta na
vitrine do balcão da aerobrás ?
Um branquinho,retangular e enroladinho ?
È que esqueci de perguntar!
A semana que vem vou até la, pegar a balsa, e aproveitava
e trazia o elastico tbem
To doidim pra começar fazer o meu!

Mais uma;

moro em Campo Limpo Pta (perto de Jundiai )
Como faço pra chegar no CAMPÃO, se eu for de trenzão(ou buzão) ???
O dia mais certo pra encontrar a maioria do pessoal???

Obrigado!

Celso
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.
- Confucio

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 12 Mar 2006 12:39

Alô Celso, bem-vindo a bordo meu caro!

O elástico da Aerobrás não é recomendável, ele é mais pesado e tem menor performance que o importado. Mas acho que se pode começar com ele, já que o importado não se encontra por aqui (é preciso importar pessoalmente, via Internet).

Se você estiver disposto a importar, o endereço é:

Elástico TruTorque:
http://www.timgoldstein.com/trutorque/default.asp

FAI TAN Super Sport:
http://www.pennvalleyhobbycenter.com/rubber/supplies/rubber.htm

ou

http://www.peck-polymers.com/ em "Accessories" e depois "Rubber, Winders & Accessories"

Há ainda a possibilidade de você encontrar uma alma bondosa (não é dificil :^) no campo de vôo que te arrume (ou te venda) um pouco de elástico importado, se estiver sobrando.

Eu tô testando o elástico da Aerobrás em meu Cloud Tramp pra ver se dá pro gasto. Se quizer esperar o resultado, semana que vem já devo ter algum.

Boa Construção!
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 12 Mar 2006 19:21

Celso,

o Campão fica na Avenida Robert Kennedy. É logo no começo e fica bem em frenta a delegacia de polícia, no sentido bairro. Depois de passar o supermercado entre no estacionamento da poícia. É lá.

Voamos aos sábados pela manhã, fique ligado no "Vamos voar" .

Apareça que lhe daremos toda a orientação que você precisar. Elástico para voar seu Cloud Tramp a gente arruma na hora.

O trem vai até o terminal Santo Amaro, lá deve ter algum ônibus que passa pela Robert Kennedy. Tente checar os roteiros dos ônbus que saem de lá.

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 12 Mar 2006 21:43

Ok ! Omar

Vou ver se no sabado que vem , vou pra lá
Chegar eu chego!
Só a vontade de ver seus modelos de perto, vale a pena!
Conhecer a todos, ao vivo,e não só por letras
È uma vontade minha de quase um ano (já tudo isso? )
Pois é , mas por enquanto vou só pra conhece-los e assistir
(de camarote é claro!)
Abraços , Omar ,e áté mais!


Celso
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 13 Mar 2006 00:48

Celso, quando fizer seu primeiro modelo voar, você vai pular e dançar assim como o menininho do seu avatar!!! :lol: :lol: :lol:
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 18 Mar 2006 17:31

[quote:97f52c202a="alepacau"]Celso, quando fizer seu primeiro modelo voar, você vai pular e dançar assim como o menininho do seu avatar!!! :lol: :lol: :lol:[/quote:97f52c202a]

Já tõ Pulando cara !
Uns tempiho atrás , eu andei (jogando ) uns planadores na colina
E não deu outra, só ALEGRIA!!!!
Hoje fui buscar o material do CT, peguei tudo na AEROBRÀS
Só tô achando meio esquisito o elástico, parece meio largo ,
pesadão ,sei lá ! (pra colocar 4 voltas , sei não !! )
E a madeira da fuseca, peguei a mais dura que encontrei
mesmo assim , num sei não !!
mas vou começar na semana que vem , pois a minha impressora
não chegou do conserto ainda!
E vamo que vamo !!!!!!!!!
:D :P :P :D
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 18 Mar 2006 17:41

Celso,

O elástico que vc pegou é o de 1/4 de polegada? Se for, não vai rolar de usar no CT, pelo menos se quiser voar por 2 minutos...

Tem que ser o de 1/8 de polegada (a Aerobrás tem lá).
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 18 Mar 2006 18:05

ORRA !!!!!!MEU!!!!!
o carinha me deu o de 1/4 , FUDEU!!! , QUE RAIVA !!
e agora , é longe pra c***** !!
Só quando eu for outra vez pra lá.
Eu entendi o que v falou, 1/4 não dá pra por 4 voltas ,
correto? e se colocar, fica grosso e mais pesado, com menas volta =
menos vôo???
Mas da pra testar com pelo menos 2 voltas, até eu arrumar outro?
Ou melhor ainda, será que não teria alguem por ai
pra me vender a quantidade que preciso???? (O importado)
Se tiver , por FAVOR entra em contato comigo!!
Antecipadamente agradecido!
Celso
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 18 Mar 2006 18:15

[quote:98452bd7e3="Celso Barsotti"]ORRA !!!!!!MEU!!!!!
o carinha me deu o de 1/4 , FUDEU!!! , QUE RAIVA !!
e agora , é longe pra c***** !![/quote:98452bd7e3]

Liga pra eles e diz que houve um engano. Explica o caso e pede pra eles trocarem. Você manda por correio o elástico de 1/4 e eles o de 1/8, correspondente ao que você pagou pelo de 1/4 (talvez eles queiram receber seu elástico lá primeiro pra depois despachar o de 1/8 ).

[quote:98452bd7e3="Celso Barsotti"]Eu entendi o que v falou, 1/4 não dá pra por 4 voltas ,
correto? e se colocar, fica grosso e mais pesado, com menas volta =
menos vôo???[/quote:98452bd7e3]

Exato!

[quote:98452bd7e3="Celso Barsotti"]Mas da pra testar com pelo menos 2 voltas, até eu arrumar outro?[/quote:98452bd7e3]

Dá sim. Mas testa o conjunto num lugar com grama alta, não se esqueça. O elástico de 1/4 pode (deve) gerar muito torque e aí fica fácil quebrar o CT de bobeira. Mas testando com cuidado, rola sim.

[quote:98452bd7e3="Celso Barsotti"]Ou melhor ainda, será que não teria alguem por ai
pra me vender a quantidade que preciso???? (O importado)
Se tiver , por FAVOR entra em contato comigo!!
Antecipadamente agradecido!
Celso[/quote:98452bd7e3]

Eu devo ter aqui em pouca quantidade. Vou verificar direitinho e entro em contato.
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 18 Mar 2006 18:23

Celso,

Pode trazer o seu CT no Campão que agente empresta o elástico no hora para você voar.

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 18 Mar 2006 18:51

Falô !
Omar, vou tentar ir na proxima vez
Hoje não deu pra ir ,fui na aerobras buscar os "apetrechos"
E FAZER A C.......DA detrazer o elástico ERRADO!!!(1/4 ao enves de 1/8)
E se eu cortar no Meio ?? não funciona??
:idea:
:?: :?: :?: :?:
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 18 Mar 2006 21:11

É muito dificil cortar o elástico ao meio, é melhor tentar trocar, ou guardar esse para outro avião e comprar o de 1/8". O de 1/4 vai bem no P-30.

De qualquer forma você vai ter que passar logo para o elástico importado. A Penn Valley tem elástico de excelente quaidade e não custa caro.

http://www.pennvalleyhobbycenter.com

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 19 Mar 2006 01:06

Gente, deixa contar uma epopéia das bem sucedidas.

------------
Problema:
------------
Voos duradouros exigem elástico longo (inclusive). Elástico longo, se não estiver trançado, após a descarga da corda tira o CG do lugar em pleno vôo! Ruim, bem ruim. Então, eu sempre tranço meus motores longos.

Acontece que um motor trançado fica em geral com o mesmo comprimento da distância do gancho da hélice e do pino/ganho trazeiro (vou chamar esse comprimento de "espaço motor", pra facilitar), então, mesmo descarregado, sem corda, ele não tira o CG do lugar... genial! Ok, se não fosse um detalhe bem pentelho: o motor trançado em geral põe tração suficiente no eixo para não deixar o giro livre da hélice funcionar como deveria (Omar, Beto, lembram do SkyBunny no Ibira? Ele planava com a hélice travada justamente porque eu estava usando um motor trançado).

Ou seja: sistema de giro livre tradicional (chamado de "rampa" e encontrado principalmente nas hélices de plástico) não são compativeis com motor trançado.

----------
Solução
----------
Consultando os mais experientes da FFML, fui presenteado com várias possíveis soluções. A partir dai fiz minhas próprias pesquisas e descobri num velho livro sobre o assunto um sistema ideal para garantir que o sistema de giro livre funcionasse sempre, independente da tensão que o elástico colocasse no gancho da hélice, e de quebra, esse sistema ainda permite a troca da hélice sem disperdício do eixo!

É simples (vou começar a descrição da foto abaixo a partir da ponta esquerda):
- Tubo de plástico colado com "Cola tudo Aerobrás". Quando quiser trocar a hélice, aplico um pouco de thinner ali e solto o tubo liberando a hélice.

- Hélice de balsa entalhada a mão e pintada de preto. Pintei porque depois das cag*das que fiz nela (visuais apenas), só pintando de preto pra disfarçar :^). Reparem na lateral do cubo da hélice um tubinho com um arame em "U" passando por ele. Esse arame se movimenta livremente dentro do tubo, travando apenas quando de encontro à lateral da hélice.

- Entre a hélice e o arame de tração (vide abaixo) há uma arroela de 1/16, feita de um pedacinho de tubo de 1/16.

- Arame de tração que engata no arame em "U" por trás da hélice fazendo-a girar. Quando acaba a corda, o arame em "U" libera a passagem do arame de tração, permitindo o giro livre da hélice. Esse mesmo arame de tração (que esta enrolado e soldado no eixo da hélice) impede que o eixo corra para trás ao receber tensão do elástico.

- Conta de plástico "Aerobrás".

<-- Aqui acaba o sistema de giro livre -->

- Tubo de 1/16 por onde passa o eixo da hélice. Este tubo passa por dentro de um parafuso e este, está fixado ao suporte de arame.

- Gancho quadrado, finalizando o arame/eixo da hélice.

- Elástico Aerobrás de 1/8. Note o pedaço de "canudinho" para impedir que o elástico "suba" o gancho e se desprenda em pleno vôo.

- E por fim o elástico de 3,2 metros, trançado (4 tiras).

Fiz um vídeo do sistema em funcionamento. Ainda to procurando onde hospedar.

Ainda não testei o sistema em campo. Pretendo fazer isso amanhã (hoje).
Anexos
giro_livre_por_tras.jpg
giro_livre_por_tras.jpg (36.63 KiB) Exibido 58291 vezes
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
betocastrucci
membro
Mensagens: 2758
Registrado em: 02 Jan 2004 18:19
Localização: Vinhedo SP - 50

Mensagempor betocastrucci » 19 Mar 2006 07:04

muito legal. faltou explicar como fazer o motor trançado 8)

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 19 Mar 2006 09:31

Vou tentar explicar. É que explicado parece mais difícil do que realmente é :^)

- Depois de atar as duas pontas do motor, fazendo assim 1 loop, eu amacio e depois lubrifico o motor conforme já foi descrito em algum lugar por aqui.

- Seguro o meio do motor com um gancho em "S". Então pra direita do gancho cai metade do loop, e pra esquerda mesma coisa. Prenda a metade da esquerda em algum lugar, mas de forma a não diminuir o comprimento da metade da direita.

- Feito isso, dê cerca de 100 voltas na metade da direita, no sentido horário (usando um winder -dificil traduzir essa palavra- fica mais fácil) e sempre tomando cuidado pras voltas não passarem pro lado esquerdo.

- Agora junta à metade (da direita) que está enrolada a outra metade que está sem enrolar (da esquerda) e dê voltas no elástico no sentido anti-horário, até que o motor fique uniforme.

Pronto! O motor está trançado. Ele perde um pouco de suas voltas totais, mas tem todas as vantagens que já descrevi ai pra cima.
Anexos
trancando_o_elastico_02.gif
trancando_o_elastico_02.gif (11.55 KiB) Exibido 58297 vezes
trancando_o_elastico_01.gif
trancando_o_elastico_01.gif (8.94 KiB) Exibido 58452 vezes
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 19 Mar 2006 16:23

Fiz igualzinho o teu , IDÊNTICO!
Pena não ter maquina dig
Dei corda nele , pela helice e tudo mais
Por enquanto tudo funcionando!

o seu ;
Anexos
t_giro_livre_por_tras_186.jpg
t_giro_livre_por_tras_186.jpg (17.43 KiB) Exibido 58290 vezes
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
Omar Grassetti
membro
Mensagens: 1994
Registrado em: 06 Mai 2004 10:58
Localização: sp

Mensagempor Omar Grassetti » 19 Mar 2006 19:11

Alex,

Foi bom você ter entrado nese assunto. O motor trançado, ou pré tencionado, é uma ótima solução para mechas com comprimento maior do que a distãncia entre os ganchos. Estou usando uma mecha assim no P-30 e ficou muito melhor do que as outras, com a vantagem de que o nariz não fica solto depois da descarga.

A única dúvida em usar o trançado no Cloud Tramp é se isso não encurtaria o número limite de voltas da mecha com a redução do comprimento da mesma?
Você já fez algum teste comparativo entre as duas formas?

Muito bacana a sua solução para a roda livre. O canudinho também é uma boa para travar a mecha no gancho.

Quando é que vamos ver esse seu belissimo Cloud Tramp voando. Será que teremos de ir até Campinas. Quem sabe?

Avatar do usuário
alepacau
membro
Mensagens: 1154
Registrado em: 23 Ago 2004 09:07

Mensagempor alepacau » 19 Mar 2006 19:38

[quote:daf37099a5="Omar Grassetti"]Alex,

Foi bom você ter entrado nese assunto. O motor trançado, ou pré tencionado, é uma ótima solução para mechas com comprimento maior do que a distãncia entre os ganchos. Estou usando uma mecha assim no P-30 e ficou muito melhor do que as outras, com a vantagem de que o nariz não fica solto depois da descarga.[/quote:daf37099a5]

Exatamente Omar. No meu FA Moth o nariz tá bem solto tbm e com o motor trançado, não há o perigo dele sair da posição em vôo.

[quote:daf37099a5="Omar Grassetti"]A única dúvida em usar o trançado no Cloud Tramp é se isso não encurtaria o número limite de voltas da mecha com a redução do comprimento da mesma?
Você já fez algum teste comparativo entre as duas formas?[/quote:daf37099a5]

Tô usando o elástico da Aerobrás trançado no CT. Trançar o motor reduz sim o número de voltas totais em relação ao sem trançar, mas as vantagens (na minha opinião) superam esse contra.

O elástico da Aerobrás, definitivamente e infelizmente, é bem inferior MESMO ao importado. Tava tentando ver se dava pra fazer os dois minutos com o elástico da Aerobrás, assim, quem não tem o importado não ficaria na mão e saberia que daria pra tentar usando o nacional. Ainda não desisti, ainda quero tentar umas coisas, mas já vi que o páreo vai ser duro.

Acabo de chegar da UCA. Tarde perfeita, sem vento, grama alta, mulher e filhos junto, perfeito! Consegui trimar o CT usando o elástico Aerobrás mas só voei a no máximo 300 voltas. Não subiu metade do que subiria com o elástico importado. Mas vôo bonito! Ou seja, se não for pra competir, até dá pra brincar com o elástico nacional (to usando o de 1/8, amaciado e trançado)

[quote:daf37099a5="Omar Grassetti"]Quando é que vamos ver esse seu belissimo Cloud Tramp voando. Será que teremos de ir até Campinas. Quem sabe?[/quote:daf37099a5]

Omar, acabo de voltar da UCA, como disse acima, e o lugar tá perfeito pra voar livre, mas só sem vento (com vento o modelo vai parar no mato alto ai ja era). Por falar em já era, o zelador da pista achou meu primogênito CT!!!! Ainda não peguei com ele, não sei se estragou (ele deve ter pegodo muita chuva e sol desde o sumiço).

Meu, vai organizando a caravana pra Campinas! Certamente será muito jóia recebê-los aqui. Se dermos sorte do dia estar sem vento, putz vai ser demais!!! Aproveitei hoje pra finalmente trimar o FA Moth. Bicho até arrepiou! 150 voltas SÓ no elástico e ele subiu uns 10 metros! Mas infelizmente quando tava dando corda pra uma ultima chegagem, o elástico estourou. Só estragou um pouco do papel da lateral esquerda, nada grave. Sorte que tava a umas 100 voltas só. Se o elástico estivesse cheio, com umas 600/1000 voltas, não tinha sobrado muita coisa dele. Aprendi que mesmo com poucas voltas, deve-se usar um "blasting tube" pra dar a corda.

Cheguei na UCA hj 17:40 e voi até 18:40. Uma horinha e trimei o CT e o FA Moth (uns 6 voos cada).

Esta semana (vou confirmar se terça ou quinta) estarei em Sampa e posso passar no campão pra voar, à tarde... topas? Não sei qual a sua disponibilidade, ou de quem quizer passar por lá em pleno meio de semana :^)
"Quero ir buscar quem fui onde ficou."

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 19 Mar 2006 20:12

O QUE É ,

blasting tube" ????
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 19 Mar 2006 20:53

Posso usar araldite no lugar da super bonder
Pelo menos no bloco central ?
Sei lá ! ,
parece que fica mais resistente!
Num sei , mas não confio muito na super bonder!

Semana que vem já vô voá!!!!!!!
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio

Avatar do usuário
betocastrucci
membro
Mensagens: 2758
Registrado em: 02 Jan 2004 18:19
Localização: Vinhedo SP - 50

Mensagempor betocastrucci » 19 Mar 2006 21:14

cola epoxi (aradilte) pesa muito. o cloud tramp não precisa de tanto reforço nem de tanto peso. ca (cianoacrilato) é suficiente. agora eu não gosto da super bonder, uso a flash, mais barata e melhor.

Avatar do usuário
Celso Barsotti
membro
Mensagens: 187
Registrado em: 29 Mai 2005 08:05
Localização: Campo Limpo Paulista , SP

Mensagempor Celso Barsotti » 19 Mar 2006 21:50

[quote:b8fb7688dc="betocastrucci"]cola epoxi (aradilte) pesa muito. o cloud tramp não precisa de tanto reforço nem de tanto peso. ca (cianoacrilato) é suficiente. agora eu não gosto da super bonder, uso a flash, mais barata e melhor.[/quote:b8fb7688dc]

Por aqui , nunca vi essa marca, flash
mas essa semana vou pra SP , e ai eu pego ela
voce poderia me dizer onde encontro ?


O que é ; "blasting tube"

Obrigadão á TODOS !!!!

BOA NOITE!!!!
Saber que se sabe lo que se sabe y que no se sabe lo que no se sabe; he aquí el verdadero saber.

- Confucio


Voltar para “Vôo Livre”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes