Novo projeto: Republic P-47 D Thunderbolt - env. 27 pol.

Neste fórum falamos sobre os aeromodelos radio-controlados com peso final abaixo de 143,4 gramas, verdadeiras jóias aeromodelísticas.

Moderador: Alvaro Sala

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 04 Mai 2010 12:44

Ricardao, me desculpe a demora na apresentacao da confecção do tutorial, mas estou notando que quando realizo os procedimentos que descrevi anteirormente no seu projeto, so esta sendo exportada a asa e nao o modelo todo.

Ainda estou meio sem tempo para refazer todo o projeto, pois foi ele que usei nas fotos (print) do tutorial, que ja esta pronto.

Gostaria de entender melhor o porque de ter usado esse perfil de asa para o seu modelo.

Pelo que li em alguns projetos do P-47, o perfil usado pelo engenheiro A. Kartveli foi o Republic S-3.

Que inclusive eh encontrado no profili 2.

Voce tentou usar esse perfil?

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 04 Mai 2010 15:06

O perfil original do Thunderbolt foi projetado para fazer voar um avião de 8800 kg a 690 km/h - Reynolds de 4.750.000 e carga alar de 4.000 g/dm².

Como o que "eu queria" era fazer voar um aeromodelo de 180 g a 40 km/h - Reynolds de 100.000 e carga alar de 20 g/dm², nem pensei em usar o perfil original, utilizei o XFLR5 para descobrir que perfil seria melhor para conseguir o que "eu queria". É isso que eu tento dizer quando falo que a gente precisa antes saber o que quer fazer, para depois modelar e ir mudando as variáveis até conseguir isso.
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 05 Mai 2010 23:56

Eu nao entendo direito Reynolds, mas acho que entendi o que voce quis dizer.

Como nao tenho tido muito tempo para refazer totalmente o p47, acho que vou postar o tuto do jeito que esta mesmo, ok.

No modelo de exemplo que vem no software funcionou.

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 06 Mai 2010 07:58

Simplificando um pouco, o número de Reynolds (Re), é um número adimensional definido na Mecânica dos Fluídos e utilizado conforme a Teoria dos Modelos. Adimensional significa que na determinação desse número, as dimensões (m, kg, seg, e todas as outras) entram no numerador e no denominador do cálculo e o resultado é um número sem dimensões; com isso pode ser usado para comparar modelos de tamanhos diferentes e que estiverem sendo utilizados em fluídos com características diferentes - quando o Re é o mesmo, o comportamento também é o mesmo.


As variáveis que entram no cálculo do Re são:
- Densidade do fluído,
- Viscosidade do fluído,
- Velocidade do modelo em relação ao fluído ou vice versa,
- Comprimento do modelo - no nosso caso as cordas médias de asa e/ou estabilizador.

Para o caso dos aeromodelos, como o ar é sempre o mesmo e comparando tudo nas CNPT, o cálculo se resume a:

Re = 68459 x Velocidade x Corda média - onde a velocidade deve estar em m/s e a corda média em m.

Sempre pensando no mesmo fluído e nas mesmas condições de pressão e temperatura, para a gente o Re expressa um compromisso entre a velocidade relativa ar-aeromodelo e o tamanho do aeromodelo.

O Re é utilizado para definir as polares dos perfis e também para as polares da aeronave, de forma que quando a gente sabe o tamanho do aeromodelo e a velocidade em que ele irá voar também sabe os valores de Re e quais as polares que devem ser analisadas para escolher os aerofólios com as características que deseja: cl, cd, cm.

No XFLR5 a gente precisa mandar calcular as polares dos perfis para uma faixa de Re's abrangendo no mínimo aqueles em que as superfícies de sustentação do nosso aeromodelo irão trabalhar; a faixa de 1.000 a 1.000.000 que eu recomendo no tópico do Me109 costuma abranger toda a gama de Re's dos aeromodelos. Para as polares da aeronave, o software considera as variáveis que a gente define e as determinações de Re passam a ser problema dele.
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 22:16

Blz, estou enviando o tuto sem ter tido aquele tempo ( ate hoje! ) para refazer todo o modelo do P-47

Primeiro saliento que podem existir formas melhores de executar, mas essa foi a que pensei primeiro, apos dar aquela primeira olhada rapida no software.

Me perdoem pela demora, e tambem pelo tuto nao estar totalmente nos minimos detalhes, caso tenha esquecido de algo.

Tambem agradeço aos que puderem incorporar melhorias.

Programas utilizados:

- XFLR5

- Excell (Optei pelo excell por ser um programa que todos conhecem e facil aquisição/utilizacao. Mas eh como mirar um canhao para uma formiga, comparando o que sera feito.)

- Bloco de Notas

- Windows Explorer

- AutoCAD
Anexos
1.jpg
Começando com o XFLR5, com o projeto aberto e pronto, va em:

Wing/Plane
Current Wing/Plane
Export VLM Panels...
1.jpg (30.88 KiB) Exibido 10086 vezes
1.1.jpg
Salve o arquivo com extensao .txt

O XLFR5 ja pode ser fechado
1.1.jpg (30.2 KiB) Exibido 10086 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 22:18

Agora abra o excell ( nao importa a versao ), uma nova planilha:
Anexos
2.jpg
2.jpg (38.04 KiB) Exibido 10083 vezes
2.1.jpg
Em obter dados externos, escolha txt
2.1.jpg (36.95 KiB) Exibido 10083 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:23

Faça a escolha para Delimitado, e iniciar a importacao na linha 3, clique em avançar
Anexos
2.2.jpg
2.2.jpg (35.05 KiB) Exibido 10074 vezes
2.3.jpg
Marque tabulação e espaço, clique em avançar
2.3.jpg (37.68 KiB) Exibido 10074 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:24

Ignore as colunas conforme a necessidade. Nao eh necessario o nome do ponto e outras, bastando manter as colunas de coordenadas
Anexos
2.5.jpg
2.5.jpg (37.63 KiB) Exibido 10073 vezes
2.6.jpg
Clique em concluir, depois em ok. Serao importados as coordenadas dos pontos
2.6.jpg (36.79 KiB) Exibido 10073 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:26

Mais abaixo a coluna ira terminar e reiniciar com outras informacoes desnecessarias, essas podem ser apagadas
Anexos
2.6.jpg
2.6.jpg (36.79 KiB) Exibido 10071 vezes
2.7.jpg
Va em salvar como e escolha a opcao de salvar texto com tabulacoes
2.7.jpg (35.29 KiB) Exibido 10071 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:27

Voce provavelmente recebera um aviso sobre possivel perda de informacoes como esse. De o ok, depois escolha a opçao Sim
Anexos
2.8.jpg
2.8.jpg (14.27 KiB) Exibido 10069 vezes
2.9.jpg
Feche o excell, ele pedira para salvar escolha nao
2.9.jpg (16.05 KiB) Exibido 10069 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:28

Abra entao o arquivo criado com o Bloco de Notas
Anexos
3.jpg
3.jpg (22.88 KiB) Exibido 10068 vezes
3.1.jpg
Clique no menu editar, substituir
3.1.jpg (13.93 KiB) Exibido 10068 vezes
Obrigado Deus Todo Poderoso, Criador de tudo e de todos, por tudo que me deste e que ainda tens a me dar nessa vida e na outra

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:30

Substitua as tabulacoes por virgula ( O autocad compreende o formato x,y,z )

O comando LINE pode ser substituido por POINT, caso queira pontos, eu prefiro LINE, mas pode ser qualquer outro comando que defina os pontos ( fica ao gosto do fregues )
Anexos
3.2.jpg
Insira o comando LINE no inicio, feche e salve o txt
3.2.jpg (22.35 KiB) Exibido 10072 vezes

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:32

No Windows Explorer, [b:c1c1198e0a]renomeie[/b:c1c1198e0a] a extensao do arquivo [b:c1c1198e0a].txt[/b:c1c1198e0a] para [b:c1c1198e0a].scr
[/b:c1c1198e0a]
Eh assim que o autocad ira interpretar o arquivo como sendo um [u:c1c1198e0a]script
[/u:c1c1198e0a]
Nao se preocupe com o aviso do Windows, o arquivo nao perdera suas caracteristicas...

Tem algumas informacoes basicas de como funcionam e como usar os scripts do autocad nesse link [url]http://www.aditivocad.com/tutorial-autocad/script-para-autocad.php[/url]
Anexos
4.jpg
Finalmente abra o AutoCAD ( tambem nao importa a versao, existem muito poucas diferenças entre elas )

Escreva na linha de comando: SCR
4.jpg (37.1 KiB) Exibido 10068 vezes

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 08 Mai 2010 23:38

Assim, voce ira gerar um desenho em 3D no CAD.

O desenho podera ser formado por pontos, ou linhas.

Nao eh exatamente uma armadura (Wireframe), mas ja da pra começar a montar o seu modelo apenas ligando corretamente os pontos ou rearranjando as linhas

Apos esse arduo trabalho de realinhar tudo, voce podera solidificar o desenho e fazer cortes nele ou retirar faces ( para fazer as chapas ou vistas )

Qualquer duvida, estamos ae! Mandem uma MP que eu recebo no meu e-mail (verifico diariamente) e entro antes no e-voo para ajudar

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 15 Mai 2010 19:56

Obrigado pelo tutorial, Krekrek. Creio que vai ajudar bastante.

Estive fora de SP e longe do e-vôo por um tempo e creio que ainda vou ficar um bom período sem poder me dedicar a este tópico; porisso deixei de me manifestar antes.

Abraços a todos!

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 13 Jun 2010 11:07

Fiquei muito tempo sem postar nada aqui; isso acaba por deixar a gente fora de sintonia com o tópico e deixando de lembrar direito onde tinha parado.

A construção andou um pouco, só em um dos modelos, porque agora é a fase das ajustagens e alinhamento das peças e o segundo modelo fica melhor depois que já se resolveu os problemas mais complicados no primeiro. A lincagem e posicionamento da eletrônica também precisa ser feita nesta fase para um modelo mais complexo como esse, principalmente se queremos um acabamento com o mímino de componentes da lincagem aparecendo.

Nesse meio de tempo, foi feito o seguinte:

- as peças da cauda foram acabadas e enteladas e encontram-se prontas para instalar dobradiças e montar provisóriamente na fuselagem para lincar;

- as peças da asa também foram acabadas e foi feita a lincagem dos ailerons, faltando ainda fazer a montagem dos ailerons, o que só será feito depois de entelada a asa; optei pelos servos de 3,5 g.

- foi feita a ajustagem das peças da fuselagem na asa e a montagem da asa e da carenagem inferior da asa que será o compartimento da bateria.

- foram moldadas as cabines - não ficou exatamente como eu queria, para cabines desse tamanho a moldagem fica boa, mas o acabamento ficou um pouco opaco; ficou com uma "casca de laranja", talvez por temperatura errada ou com falta de uniformidade, mas ainda acho que dá para deixar transparente lixando e passando massa de polir.

- foi instalado o motor.

A seguir algumas fotos...
Anexos
Entelagem cauda 13.jpg
Peças da cauda enteladas e aguardando instalação das dobradiças.
Entelagem cauda 13.jpg (24.35 KiB) Exibido 9567 vezes
Montagem 02.jpg
Instalação do servo e lincagem dos ailerons, optei pelos servos de 3,5 g.
Montagem 02.jpg (30.88 KiB) Exibido 9567 vezes
Montagem 03.jpg
Fixação da asa com porcas metálicas embutidas.
Montagem 03.jpg (31.08 KiB) Exibido 9567 vezes
Montagem 04.jpg
Motor instalado.
Montagem 04.jpg (23.87 KiB) Exibido 9567 vezes
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 13 Jun 2010 19:01

Demais fotos:
Anexos
Montagem 06.jpg
Montagem da asa com parafusos M2. A carenagem inferior é fixada por um pino na parte dianteira e dois imãs sobre as cabeças dos parafusos.
Montagem 06.jpg (32.46 KiB) Exibido 9558 vezes
Montagem 07.jpg
Carenagem inferior da asa ajustada e instalada. A bateria será fixada na asa com Velcro.
Montagem 07.jpg (33.31 KiB) Exibido 9558 vezes
Montagem 08.jpg
Situação atual da montagem do primeiro modelo.
Montagem 08.jpg (35.22 KiB) Exibido 9558 vezes
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 13 Jun 2010 19:13

Moldagem da cabine. A moldagem foi feita usando uma folha de PVC transparente com 0,4 mm de espessura.
Anexos
Cabine 11.jpg
Aparato para aquecimento da folha de PVC.
Cabine 11.jpg (35.39 KiB) Exibido 9554 vezes
Cabine 12.jpg
Moldagem concluída.
Cabine 12.jpg (33.94 KiB) Exibido 9554 vezes
Cabine 19.jpg
Peça moldada.
Cabine 19.jpg (28.66 KiB) Exibido 9554 vezes
Cabine 20.jpg
Cabine pronta para ajustar e montar na fuselagem.
Cabine 20.jpg (25.13 KiB) Exibido 9554 vezes
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
krekrek
membro
Mensagens: 224
Registrado em: 02 Jun 2008 03:46
Localização: Belo Horizonte, MG
Contato:

Mensagempor krekrek » 14 Jun 2010 00:35

Ricardo, hoje reli todo o topico.

Confesso que estou babando.

Gostei da opção dos imãs! Me deu novas ideias para algo semelhante aqui.

Pelo que entendi, voce se baseia em um modelo de 3 vistas e o refaz no CAD.

Apos isso puxa as coordenadas e redigita tudo no XFLR5.

Entao faz 2 vezes o projeto, no meu entender.

Eu mostrei como extrair as coordenadas do XFLR5 em um formato que possa ser lido pelo CAD.

Mas o caminho inverso tambem pode ser feito se o XFLR5 aceitar receber o mesmo padrao de arquivo que produz!

Assim ficaria muito mais rapido para voce, se voce tiver que fazer apenas 1 vez o trabalho e depois caso tenha sido modificado, trazer de volta para o CAD.

Pois o CAD pode gerar as coordenadas no padrao dele, e apos um trabalho rapido, esse padrao ser recondicionado (via bloco de notas e/ou excell) ao formato do XFLR5.

Vou estudar isso na quarta que vem e se tiver sucesso repasso aqui.

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 14 Jun 2010 08:30

Krekek:

Vou tentar explicar o método que uso para fazer a planta de um aeromodelo em escala:

1. Localizo um desenho em 3 vistas com o maior número possível de detalhes - no mínimo precisa ter uma quantidade suficiente de seções da fuselagem.

2. Se o desenho ainda não estiver digitalizado, escaneio em branco e preto com 300 a 600 dpi e insiro o bitmap em um desenho do AutoCAD usando o comando "Insert Raster Image".

3. No AutoCAD, alinho o bitmap da melhor maneira possível e coloco na escala do avião real; depois disso desenho todos os contornos importantes sobre a figura do bitmap até conseguir as 3 vistas principais do avião e os contornos das seções da fuselagem em arquivo vetorial. Prefiro usar o comando "Poliline" em lugar do "Line", sempre que possível.

4. Após ter as 3 vistas, faço uma verificação das projeções e corrijo até conseguir todas as vistas e cortes coerentes, obtendo assim projeções ortogonais confiáveis do avião real.

5. Utilizo o arquivo vetorial do avião real para conseguir as projeções ortogonais dos contornos do aeromodelo, na escala que pretendo construir e a partir daí extraio as medidas que irei utilizar no XFLR5.

6. O XFLR5 me fornece as informações de perfis e incidências que precisarei usar no aeromodelo, de maneira a conseguir as características de vôo que desejo para o aeromodelo com o peso que estimei.

7. Definidas as características aerodinâmicas do aeromodelo, volto ao AutoCAD e aí inicio o projeto... os contornos já tinham sido desenhados antes de analisar com o XFLR5, agora é colocar asa e estabilizador nos ângulos certos, definir posições e forma de nervuras e cavernas, peças de contorno e espessuras de peças, o que o XFLR5 não faz - disso tudo irão sair os layouts para corte das peças em balsa e compensado.

Em outras palavras, faço o projeto no AutoCAD e não no XFLR5; este utilizo só como instrumento para analisar a aerodinâmica.

O projeto pode ser feito no XFLR5 para aeromodelos que sejam de nossa concepção e depois as coordenadas transferidas para o AutoCAD; para modelos em escala fica mais difícil proceder assim. Mesmo assim as peças individuais precisam ser projetadas no AutoCAD, em outro software gráfico ou no papel.

Em tempo: tentei usar o seu método, fazendo scripts para desenhar os perfis a partir dos arquivos em texto das coordenadas, com o comando Pline, porém não obtive bons resultados - o desenho via de regra saia errado, ao passo que entrando diretamente com as mesmas coordenadas exibidas pelo arquivo texto usando CTRL-C / CTRL-V, todo o conteúdo do arquivo em uma só operação, o desenho sai correto.
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

-NiHoN-
Patrocinador
Patrocinador
Mensagens: 2152
Registrado em: 02 Out 2009 12:47
Localização: São Paulo - SP
Contato:

Mensagempor -NiHoN- » 14 Jun 2010 17:49

Vou querer ver este voando...sem dúvida!!!

Demais!!

EJSquad
membro
Mensagens: 85
Registrado em: 16 Jun 2010 16:45

Mensagempor EJSquad » 18 Jun 2010 12:22

[quote:1b7bf2c530="-NiHoN-"]Vou querer ver este voando...sem dúvida!!!

Demais!![/quote:1b7bf2c530]

Eu também, NiHoN.

o Rep. P-47 é meu sonho desde muito tempo ... junto com o P-51, o ZeroZen e o Spitfire.

Sempre que entro nesse tópico (e em outros parecidos) fico babando ... invejando a habilidade dos modelistas que estão fazendo seus respectivos modelos.

Parabéns!
- Syma S107 - Excelente!; - Syma S032 - Brand New (13/07/2010); - Double Horse 9053 Volitation; ESky Belt CP-CX

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 30 Jun 2010 11:12

Antes de terminar a construção, vou completar e montar a lincagem e o trem de aterrisagem, para conseguir deixar o CG próximo da posição desejada, podendo assim ajustar depois de pronto só movendo a bateria.

A empenagem da cauda já foi concluída, com as dobradiças montadas; precisa agora fazer e instalar o trem de aterrisagem, para depois encontrar a melhor posição para os servos de leme e profundor - o motor e o servo dos ailerons já estão instalados.

Os complementos externos ficam todos prontos nesta situação e já dá para ver como vai ficar o modelo depois de pronto.
Anexos
Trem01.jpg
Método de instalação do trem de aterrisagem.
Trem01.jpg (35.16 KiB) Exibido 9234 vezes
Trem02.jpg
Haste do trem com a carenagem da roda.
Trem02.jpg (24.07 KiB) Exibido 9234 vezes
Trem03.jpg
Componentes do trem.
Trem03.jpg (23.08 KiB) Exibido 9234 vezes
Trem04.jpg
Trem de aterrisagem instalado.
Trem04.jpg (35.23 KiB) Exibido 9234 vezes
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
Ricardão
membro
Mensagens: 1065
Registrado em: 18 Mai 2007 08:17
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Ricardão » 30 Jun 2010 11:15

Montagem para ver como será o modelo depois de pronto.
Anexos
Montagem 12.jpg
Montagem 12.jpg (35.95 KiB) Exibido 9232 vezes
Montagem 09.jpg
Montagem 09.jpg (37.77 KiB) Exibido 9232 vezes
Montagem 10.jpg
Montagem 10.jpg (29.79 KiB) Exibido 9232 vezes
Montagem 11.jpg
Montagem 11.jpg (36.35 KiB) Exibido 9232 vezes
Sempre dá para melhorar alguma coisa...

Avatar do usuário
davidmeke
membro
Mensagens: 169
Registrado em: 26 Abr 2009 10:09
Localização: Americana - SP
Contato:

Mensagempor davidmeke » 30 Jun 2010 19:11

Poxa amigo..

Inspirador.. Continue postando fotos detalhadas de todas as etapas.. isso ajuda a gente aprimorar mais e mais as construções!


Voltar para “Micro/Mini Avião”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes