Airbus A330 - Mais videos

Aqui colocamos todo e qualquer assunto sobre jatos elétricos, como fotos de construção, vídeos de voos, dicas, soluções e perguntas sobre estas maravilhas voadoras.

Moderadores: Paulinho, Alvaro Sala

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:21

Encaixe da asa.
Lembram que eu precisei inverter o encaixe da asa ? Esta peça, feita de cartao plastico, com um slot aberto com a Dremel, é a contra-peça da lingueta e compensado existente na secao central da asa.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Wingbox

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:38

Uma das peças mais faceis de se errar o shape, mesmo usando card models. Isto porque nao tem como se ter uma boa referencia p/ posiciona-la.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:38

...
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

,,,

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:39

,,,
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:41

Novamente, depois de muita quebração de cabeça, caiu a ficha: Se a fuselagem tem o recorte do perfil e a borda superior do wingbox nela sobre ate acima da asa, o jeito é marcar a posição do perfil em relação à frente/traseira do aviao e em ralação à altura e depois tranferir essas "coordenadas" p/ o wingbox. mas como ?

A asa sáo vai subir ate a altura do corte na fuselagem. Assim, se o depron rasgar ate esta altua, nao vai fazer falta. Espetei 2 palitos de churrasco de forma "passnate" e, com elasticos de dinheiro, chamei eles ate o batente do recorte da fuselagem, forçando o wingbox a ficar em sua posiçao e, ao mesmo tempo, encontrando aproximadamente onde recortar p/ encaixar a asa.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

,,,

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:47

Uma vez colado e posicionado o wing box, e com o perfil posicionado sobre ele, é possivel fazer o corte da asa.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:51

E assim, a asa finalmente entra em seu lugar definitivo. Agora vem todo um processo de ajuste "na mao grande" com o estilete p/ liberar o espaço p/ as rodas entrarem na wingbox. Infelizmente, nao sobrou espaço p/ o que eu queria, que era por um modulo e um servo p/ replicar o movimento das portas ventrais. Pelo menos a principio, o modelo ficara sem elas. A sequencia (modo 2 do modulo Assan) é:

POrta abre, trem sobre, porta fecha.
Porta abre, trem desce, porta fecha.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 17 Fev 2013 22:53

Estou devendo fotos mostrando:
Ancoragem do parafuso da asa;
Confecção das cavernas do wingbox
Fixacao dos estabilizadores (Sao baionetados tb).

Em breve...

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Adesivos

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 07:45

Bom... Enquanto nao posto o conjunto traseiro, vamos aos adesivos. Esta foi uma das partes faceis, p/ que conhece um minimo de Corel Draw. Leva umas 3h, se vc for lento do jeito que eu sou.

No site Brands of the world, vc acha varios logos. Baixei ali o da TAM.
NO google, vc encontra imagens de adesivos para kits plasticos. Basta procurar por "airliner decals", em imagens. So que essas imagens sao, geralmente, em baixissima resolucao. O jeito e vetorizar na raca, importando as figuras e usando a ferramenta Bezier do Corel Draw. O mais dificil foi descobrir qual era a fonte do logo da Star Alliance. As janelas... vc so precisa vetorizar uma. O resto e Ctrl+C / Ctrl+V, transformando 2 em 4, 8, 16, 32, 64... Um detalhe que precisa de atencao e a ordem de sobreposicao: Em uma aeronave real, obviamente o corte das portas e as janelinhas interrompem o logo. Assim, precisam ficar na frente, no arquivo .cdr.

Outra coisa que me deu um pouco de trabalho, ja que meu conhecimento de CD e muito limitado foi p/ espelhar corretamente o layout das janelas entre o lado direitoe esquerdo. E menos simples do que parece por causa das divisoes de classes na aeronavde, que fazem com que haja intervalos entre os grupos de janelinhas. Se vc aplica um espelhamento simples, estraga tudo.

Feito o arquivo, fui no airliners.net e medi em uma foto de lado, a proporcao da altura de cada janela em relacao aocomprimento da fuselagem. Obtido este numero, e so arrastar com o mouse ate deixar o arquivo na escala e bloquear o objeto p/ o carinha de grafica nao fazer besteira.

Estava pronto o arquivo abaixo. Foi so levar em uma grafica rapida e pedir p/ o cara apertar Ctrl+P e Enter, o que exigiu um certo stress na hora, ja que existe uma cultura dos prestadores de servico em impor prazos, mesmo quando desnecessarios (e quase sempre eles sao desnecessariso, como provei aos caras, que ficaram sem argumentacao).
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

vitor 182
membro
Mensagens: 15
Registrado em: 14 Jul 2012 21:49
Localização: valparaiso SP

Mensagempor vitor 182 » 18 Fev 2013 13:08

fabio
o se algum equipamento dentro do aviao falhar como vc ira abri-lo para manutençao? (esse é a duvida q sempre tive com aeros fechados)
e o shape vai ser removivel ou ira colar na asa?
porfavor aceite minha humilde opiniao :)
vc terá q cortar o shape pelo q vi (por causa do trem retrátil)
é melhor vc nao colar o shape e colocar uns imas
tipo o mesmo sistema para cowl entendeu?
acho q fica bem resistente e bem manusiavel para manutençao

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 17:57

Vitor,
Na verdade, a unica coisa que vai dentro das partes fechadas é as extensões para os servos. As exetremidades delas saem todas nas areas de livre acesso, que sao as fixações do conj. traseiro (vou postar as fotos) e a area da asa.

Se vc se refere ao shape da caixa de asa, está certo, mesmo. Vou ter que recortar, como o é no aviao real. infelizmente, não sobrou espaço p/ o mecanismo que abre e fecha a porta ventral do trem (esta da foto abaixo), ai no meu tera q ficar aberta.

Com relação ao resto da fuselagem, precisa ficar fechada, formando um tubão, p/ funcionar estruturalmente, distribuindo os esforços do peso e dos impactos. O unico ponto que pode precisar se aberto é abaixo da caixa da bequilha, onde ficam os servos. Ali, como ja existem cavernas em volta da caixa, a casca é colada em volta delas, deixando s´a parte da caixa mesmo um pouco mais solta, como se fosse um velcro. Nao posso deixar esta parte totalmente sem cola p/ nao criar um efeito de zipper que, com o tempo, a faria soltar das cavernas.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 17:59

...
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
caribeiro
membro
Mensagens: 179
Registrado em: 08 Out 2012 17:41
Localização: João Pessoa, Paraíba

Mensagempor caribeiro » 18 Fev 2013 18:10

Fabio
existe algo reforçado a estrutura? varetas de fibra, astis de madeira ou algo semelhante que de suporte para a estrutura não quebrar ou se pertir no meio?

Pelo vídeo e pelo que vi na foto há depron no meio e os círculos que dão forma a fuselagem mais isso é suficiente? ha algo a mais?

[img:7abb3d39c4]http://www.e-voo.com/forum/files/bq2_189.jpg[/img:7abb3d39c4]

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 19:36

Parece estranho mesmo, mas isto é o bastante para o caso deste tipo de aero. A forma circular da fuselagem distribui a energia por igual. Repare na foto acima que, se a bequilha receber um impacto que a puxe p/ tras, a caixa de balsa vai "esticar" a cola que a prende à parede vertical e às cavernas. Por isto eu disse lá no começo que ia usar o principio do raio de bicicleta.

Claro que este aviao nao vai ter a mesma resistencia a situações como capotar ou sair da pista a toda hora. Não parece, mas fazer um cara desses correr reto pela pista e voa-lo exige que vc ja consiga evitar estes tipos de situação. Assim, as pancadas inevitaveis ficam sendo somente aquelas que "não tem jeito", mesmo. E destas, a maior parte é de facil conserto. Por exemplo, em uma pancada mais forte nos trens de pouso, a ideia é que a vareta de fibra da ancoragem se solte e a parte de compensado deixe o resto pendurado. Se a bequilha levar um impacto em velocidade, como ela e travada no pino do retratil com uma gota de CA, esta gota deve ceder, soltando toda a perna preta da foto acima. O aviao inteiro tem esses pontos fracos propositais, chamados fusiveis mecanicos, para o caso de algo sair do controle. A pista que será a casa deste modelo tem rajadas repentinas, muito fortes e que vem, a cada hora, de uma direção diferente. assim, a situação mais corriqueira deve ser parecida com estas aqui. Vc vem com tudo certo e de repente o vento estraga tudo. Se perder a concentração por um instante, já era. mesmo quem voa Giants costuma ter bastante problema lá:

http://www.youtube.com/watch?v=T56qOYssAFs


Já quando o vento é forte, porem constante, este tipo de aero fica tranquilo p/ pousar, como neste video, feito em um kartodromo em frente à praia e sem predios por perto:

http://www.youtube.com/watch?v=WNeqkH-BcDw

Avatar do usuário
Sales
membro
Mensagens: 525
Registrado em: 14 Dez 2011 17:15
Localização: São Paulo, SP

Mensagempor Sales » 18 Fev 2013 19:53

Cara, não sei se a American Airlines opera o a330, mas se sim, ele com as cores novas ia ficar lindo de mais, ou na da Qatar. Sobre as 'portas' do trem de pouso, você poderia fazer ela tipo em 90°, para baixo, (paralelas aos trens de pouso), e com um fio de nylon passando na frente do trem de pouso. Quando recolher o trem de pouso, ele vai puxar o fio, e as portas para cima do trem de pouso, ai teria que fazer algo com que faria força para ele voltar a posição paralela ao trem, mas só liberaria, quando o trem de pouso voltasse a 'sair', liberando fio de nylon.

Depois faço um desenho se não entender hahahaha, muito confuso a explicação.

Boa sorte e um grande Abraço!

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 20:01

Putz! desenha ai, que eu nao entendi foi necas :) :) :)

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 21:13

[quote:1620346221="vitor 182"]fabio
o se algum equipamento dentro do aviao falhar como vc ira abri-lo para manutençao? [/quote:1620346221]

Vitor,
Acho que a resposta esta nestas fotos. O conjunto traseiro é todo desmontavel para transporte. Precisei acelerar a construção em 2 fins de semana que tinha visita em casa distraindo a DAC. Aí, eu escapei e mandei ver.

Como os servos ficam nos proprios estabilizadores (Fly by wire) ficamos naquela situação que eu mencionei antes: dentro da fuselagem, só fio.

Uma baioneta de balsa cortada com o diedro do estabilizador horizontal atravessa a fuselagem e tem, nos pontos onde isto acontece, reforços feitos com chapas de balsa umidecidas com CA (Superbonder) p/ nao criar folga.

Existem 2 graus de liberdade principais que precisam ser travados: A folga p/ dentro e p/ fora e o giro, que poderia afetar o pitch do aviao. O primeiro é resolvido com um parafuso que atravessa o depron e entra com rosca soberba na baioneta. Neste ponto, ela tb é umidecida com CA p/ nao criar folgas depois. O segundo grau de liberdade (giro) é travado com um palito de churrasco. estamos na traseira do aviao. Qualquer decimo de grama aqui faz diferença no CG.

Lembrando, esta é uma area que nao recebe impactos nem no transporte, pois é desmontada p/ isto. O que pega aqui é a vibração induzida pelo vento. Como em estabilizadores horizontais a excitação do vento induz movimentos na vertical principalmente, é nesta direção que o conjunto precisa ter rigidez só p/ barrar o comecinho da vibração. P/ retardar o surgimento das vibrações, o segredo não é enche-la de reforços e, sim, elevar sua frequencia natural. trocando em miudos, a estrutura precisa ser endurecida.

Como nao estamos lidando com nada muito severo, a propria caixinha de depron por onde a baioneta vai correr serve como viga e proporciona esta rigidez à estrutura do estabilizador.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 21:19

Gosto da foto abaixo porque ela conta tudo sobre como fiz os estabilizadores: A caixinha de depron que serve de luva p/ a baioneta, a ancoragem do profundor (chapa de depron que recebe as dobradiças tb) e a nervura, que tb é a chapa onde o palito d churrasco trava o giro do estabilizador.

O mesmo principio é usado na deriva / leme. A diferença é que a baioneta da deriva tem uma janela de manutenção na parte de baixo, que permite até mesmo a sua troca, se for necessario. Reparem o que eu disse antes sobre a trabalheira que deu p/ posicionar a ultima peça da fuselagem. Acabei usando cola demais, de tanto fazer e refazer. Isto exigiu massa p/ disfarçar a caca.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 21:22

É importantissimo fazer todos os cortes e janelas neessarios com faquinhas de precisão ao inves de estiletes grandes. Isto p/ evitar cantos vivos, que geram rachaduras com o tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

...

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 21:33

E eis a outra parte do monta / desmonta: O encaixe da asa, finalizado.

O parafuso principal é um parafuso de tampa de vaso sanitario, comprado em uma loja de mat. de construção. Ele vai preso na caverna / parede com CA porque é um dos fusiveis mecanicos: Se a asa levar uma pancada muito forte que a faça girar tendendo a rolar o aviao, este encaixe deve se romper com o pico de esforço gerado pelo impacto. Em voo, a força de sustentação empurra a asa p/ cima, reduzindo a tração sobre a junta o tempo todo. A outra parte do encaixe é o slot no cartao de credito, ja explicado. no pior dos casos, o cartao se solta da caverna de isopor ou torce, abrindo o slot p/ liberar a lingueta de compensado da seção central da asa.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
Sales
membro
Mensagens: 525
Registrado em: 14 Dez 2011 17:15
Localização: São Paulo, SP

Mensagempor Sales » 18 Fev 2013 22:00

[quote:66b875651e="fabiofleal"]Putz! desenha ai, que eu nao entendi foi necas :) :) :)[/quote:66b875651e]

Ta na mão :P , fiz literalmente nas coxas, 15 minutinhos, e uns rabiscos. Segue as fotos e a explicação...

[img:66b875651e]http://photos-h.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/s720x720/17105_557025207656112_692188713_n.jpg[/img:66b875651e]

Bequilha:
[img:66b875651e]http://photos-g.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/s720x720/16349_557026734322626_1601445524_n.jpg[/img:66b875651e]

Trem traseiro:
[img:66b875651e]http://photos-e.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/s720x720/48120_557026827655950_120906769_n.jpg[/img:66b875651e]

O trem puxa o fio, e o fio puxa as 'portas', o que teria que pensar, é em algo que fizesse elas ao voltarem para hora do pouso... Desculpe pela qualidade das fotos, tirei do cel... Se conseguir aplicar esta técnica no trem de pouso, me animo a construir um T27 futuramente com este sistema, que economiza servos (a, coloquei fio de nylon, pois acho q seja vem resistente e um pouco o transparente). Já vou preparar a patente para alegar que sou o criador da 'engenhoca' (risos) hahaha


Abraço.
"Decolar é uma opção, lenhar, ops, pousar é obrigação"

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Reta final

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 22:04

Bom... Asa quase pronta, é hora de pensar em pequenos detalhes que sao importantes:

Como travar as baionetas das asas ?
Onde por a bateria para o CG ficar como na imagem abaixo
Organização dos fios

E mais uma serie de detalhezinhos que fazem das noites que antecedem os primeiros voos as mais tensas do projeto inteiro.

Uma coisa é fato: Depois de fazer tanta peça (este aero tinha 220 quando parei de contar), é preciso dar algumas pausas p/ encarar o que falta de cabeça fria e ir tranquilo para o voo, p/ nao correr o risco de por tudo a perder por um vacilo.

Antes do voo tambem, uma serie de testes de bancada e solo precisa confirmar novamente alguns parametros, como consumo dos servos por exemplo e facilidade de taxi. Nos testes de voo é necessario checar tendencias, respostas e, principalmente, CG, incidencia e tendencias como stall de ponta. Este tipo de aviao tem um voo diferente de tudo o que existe no aeromodelismo: Tem um voo manso p/ quem ve, mas nao perdoa erros de quem pilota. basta errar na perna base p/ estragar um pouso por completo., como Mike Neff escreveu no video do MD-80: "Uma aproximação triste antecede um pouso triste".
Quer matar de raiva um aeromodelista ? Aplique conhecimento em materiais tidos como alternativos e faça seu pacote voar bem e por muito tempo.

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 22:53

Sales,
Vou fazer algo parecido no proximo jato. Mas p/ o A330, precisa ser sequenciado, porque a porta do trem central fica fechada com o trem retraido mas tb fecha com ele baixo.

Modulo Assan que comprei tem esta função. Mas faltou espaço ate mesmo p/ os fios. 1,4m é muuuito pouco tamanho p/ este tipo de aviao. Falta espaço p/ tudo. Mas valeu pelo desenho. Ficou bem + facil de entender :)

A sequencia à qual me referi é esta aqui:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=PpPcbq2ULSo

Este video é de um 777 mas a sequencia é a mesma:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=120KZnPHKH8#t=65s

Avatar do usuário
fabiofleal
membro
Mensagens: 3961
Registrado em: 12 Set 2006 22:30
Localização: Salvador-BA
Contato:

Mensagempor fabiofleal » 18 Fev 2013 23:15

achei o video q queria mostrar:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=GtpyVDW2bWU#t=131s

djalma neto2011
membro
Mensagens: 173
Registrado em: 03 Nov 2011 13:59
Localização: Maceió, Alagoas

Mensagempor djalma neto2011 » 22 Fev 2013 15:19

achei esse video aqui: http://www.youtube.com/watch?v=87QsjhGGRnU


Voltar para “Jatos elétricos”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes