trem de pouso (base de fixação do servoless)

Este é o espaço para tirar suas dúvidas relacionado a construção de um aeromodelo,para os vários experts de plantão possam responder. Aqui também estarão os famosos artigos que já enriqueciam o outro fórum.

Moderadores: Paulinho, Alvaro Sala, benites

Avatar do usuário
wagnerbarro
membro
Mensagens: 70
Registrado em: 27 Dez 2011 22:20
Localização: São Carlos

trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor wagnerbarro » 18 Fev 2018 13:55

Boa tarde,
Estou construindo um bf 109 f que possui 1,40 de env. e o peso aproximado rtf é de 2.5 kg.
Durante a construção do berço do trem de pouso, colei uma chapa de 2,5 de compensado para fixar o servoless. Acho que fiz burrada, uma vez que parece ficar muito frágil. Enfim, gostaria de saber se essa preocupação é válida ou se não passa de mania de superdimensionamento. Eis as fotos.
Gostaria muito de estar enganado, mas acho que vou precisar refazer o trabalho...
Anexos
trem1.jpg
trem1.jpg (17.58 KiB) Exibido 1865 vezes
trem2.jpg
trem2.jpg (15.33 KiB) Exibido 1865 vezes

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13379
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor LaercioLMB » 18 Fev 2018 16:12

Burrada não fez, mas a chapa deveria ser maior embaixo do chapeamento da asa para assim ter maior apoio do esforço do trem de pouso.
Retire os parafusos e aplique Bonder nos furos, para que a rosca não espane facilmente nos pousos, pois com a Bonder a madeira fica mais resistente onde os parafusos fazem rosca.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

Avatar do usuário
wagnerbarro
membro
Mensagens: 70
Registrado em: 27 Dez 2011 22:20
Localização: São Carlos

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor wagnerbarro » 18 Fev 2018 17:20

Mais uma vez, muito obrigado Laercio, farei isso.
Como a asa é de p5 e o suporte do servoless consiste apenas naquelas duas chapas, fiquei com medo de um pouso mais bruto arrancar o servo todo.

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13379
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor LaercioLMB » 18 Fev 2018 20:45

Lembra dos cálculos no colégio em aula de física sobre momento linear onde se calcula força = massa x velocidade e também sobre energia cinética?
Então, se o aeromodelo pesa um X e se desloca a uma velocidade Y, quando bater no chão terá uma força sobre os trens de pouso que dependendo da situação, pode sim arrancar tudo.
Lógico que se você aprendeu a pousar e no máximo acontece o afeito de bola de ping pong quicando na mesa, não terá muito problema.
Outro fator que interfere muito é o tipo de pavimentação da pista, se asfaltada ou concretada, se em solo natural ou se com vegetação, essa última será a que mais irá forçar os trens de pouso na hora do pouso propriamente dito.
Quando eu estudava isso no colégio, achava a maior besteira ter que aprender tudo isso e que nunca iria utilizar isso na vida, mas no aeromodelismo isso é um dos fatores que está constantemente presente e utilizamos isso tudo para construi um aeromodelo que suporte essas pressões e não fique demasiado pesado para o voo.
Tem gente que acha isso tudo besteira, azar o deles, que se danem, mas qual aeromodelo voa melhor e danifica menos? Certamente não será o desses que acham que não precisa tudo isso e que se cair, faz outro.
A emoção maior está em ver o seu trabalho dando certo e durando por muitos anos, não uma porcaria descartável que dura no máximo uns 30 dias.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

Avatar do usuário
brunobragantine
membro
Mensagens: 379
Registrado em: 22 Jun 2013 13:54
Localização: Jesuítas/Foz do Iguaçu-PR

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor brunobragantine » 18 Fev 2018 22:06

quanto as forças verticais vai resistir tranquilo agora as forças horizontais vai depender muito da pavimentação da pista como disse o Laércio, a força de atrito entre roda e solo vai gerar um momento (torque) na base onde é fixado o trem de pouso, e isso sim o arrancaria facilmente do suporte, como dito antes essa força depende da velocidade, do atrito com o solo e com o angulo que o modelo chega para pouso
Faça apenas uma vez, mas faça bem feito!!! Engenharia Mecânica- Unioeste

Avatar do usuário
wagnerbarro
membro
Mensagens: 70
Registrado em: 27 Dez 2011 22:20
Localização: São Carlos

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor wagnerbarro » 21 Fev 2018 08:45

brunobragantine escreveu:quanto as forças verticais vai resistir tranquilo agora as forças horizontais vai depender muito da pavimentação da pista como disse o Laércio, a força de atrito entre roda e solo vai gerar um momento (torque) na base onde é fixado o trem de pouso, e isso sim o arrancaria facilmente do suporte, como dito antes essa força depende da velocidade, do atrito com o solo e com o angulo que o modelo chega para pouso


Obrigados pelas considerações.
As forças atuantes eu compreendo. O problema é determinar quando o material utilizado é suficiente para suportar a força X. Eu poderia ter feito um suporte muito maior, que suportasse mais força vertical, mas não seria desnecessário? Eu já vi cada construção superdimensionada, pessoas utilizando materiais inadequados, etc. Uma parede de fogo pode ser feita com compensado de 4 mm ou 2 mm. Em um shock flyer pequeno e leve, usar 4mm seria exagero, acrescentaria peso e seria praticamente inútil, pois o impacto necessário para destruir a parede iria além do habitual. Já em um aero maior, talvez com 1,4 de env. seria o ideal uma parede de 4mm. Utilizar, neste caso, uma parede de 2mm seria inviável, dado tanto a massa do aeromodelo quanto as forças atuantes. Como eu não sei tanto calcular quanto as inúmeras variáveis que estão contidas na determinação do valor da força, fico sempre na dúvida se o que utilizei está dentro do razoável, se não estou dimensionando ou subestimando.
O suporte dos servos deveriam suportar o impacto de um pouso em pista de terra e também possíveis pousos "forçados", algo dentro de um projeto normal. Ele não é para ser uma "rocha", ser mega resistente, mas também não é para ser uma "casca de ovo". Como o Laercio sempre ressalta (corrija-me Laercio, se estou enganado), um aero modelo deve voar como foi planejado, nada deve ser "muito" ou "pouco", mas "na medida correta". A dúvida que me assolou durante a construção foi exatamente essa: estaria o suporte do servoless na medida correta?

Novamente, obrigado pela atenção.

Avatar do usuário
Caiego
membro
Mensagens: 42
Registrado em: 04 Mai 2010 17:08
Localização: Belo Horizonte,MG

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor Caiego » 21 Fev 2018 09:01

Nos meus aviões a combustão eu enrijeço a estrutura toda com uma fibra fina 1/4 oz. com epóxi de acabamento, não acrescenta peso significativo e confere maior resistência. Acho que nessa sua condição seria bom também.
"Contrate o caráter. Treine as habilidades."
Peter Schutz.

JeanCS
membro
Mensagens: 113
Registrado em: 13 Abr 2017 19:11
Localização: Rio de Janeiro, RJ

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor JeanCS » 21 Fev 2018 16:14

wagnerbarro escreveu:As forças atuantes eu compreendo. O problema é determinar quando o material utilizado é suficiente para suportar a força X. Eu poderia ter feito um suporte muito maior, que suportasse mais força vertical, mas não seria desnecessário? Eu já vi cada construção superdimensionada, pessoas utilizando materiais inadequados, etc. Uma parede de fogo pode ser feita com compensado de 4 mm ou 2 mm. Em um shock flyer pequeno e leve, usar 4mm seria exagero, acrescentaria peso e seria praticamente inútil, pois o impacto necessário para destruir a parede iria além do habitual. Já em um aero maior, talvez com 1,4 de env. seria o ideal uma parede de 4mm. Utilizar, neste caso, uma parede de 2mm seria inviável, dado tanto a massa do aeromodelo quanto as forças atuantes. Como eu não sei tanto calcular quanto as inúmeras variáveis que estão contidas na determinação do valor da força, fico sempre na dúvida se o que utilizei está dentro do razoável, se não estou dimensionando ou subestimando.

Você sempre pode fazer um corpo de prova, com o mesmo material e dimensões e saber o quanto suporta, e fazendo simulações com pesos e forças conhecidas. Mas isso é só metade do problema, o tranco na hora do pouso depende muito da sua prática!
Na minha humilde opinião, o problema não está só no dimensionamento dessas partes e sim na forma como você vincula elas, quanto maior a base menos pressão ela exerce sobre a asa e também mais esforço horizontal ela aguenta. Mas mesmo assim, dependendo do pouso pode arrebentar tudo, mesmo se estiver adequado.
Inteligente não é quem sabe para onde ir, mas quem aprendeu para onde não deve voltar...

Avatar do usuário
LaercioLMB
membro
Mensagens: 13379
Registrado em: 16 Abr 2009 20:40
Localização: Porto Alegre - RS- 47

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor LaercioLMB » 21 Fev 2018 19:05

Isso que o Jean comentou está correto, se aumentar a base, não só suportará mais carga como também terá um efeito alavanca menor sobre a base.
Imagine você puxar um cano no chão de um metro de altura e a base dele for de 40 cm X 40 cm. Agora imagine o mesmo cano com uma base de 1m X 1 m.
É o mesmo princípio para se fazer uma base para trem de pouso em uma asa de isopor.
Eu particularmente usaria metade da altura do trem de pouso como medida da base de fixação dele. Não precisa ter a mesma largura que comprimento já que o esforço maior será no sentido de deslocamento do aeromodelo e por isso não precisa ser quadrada a base, pode ser retangular com metade da medida na largura.
Se você criticar um sábio, ele te agradecerá. Se você criticar um ignorante, ele te insultará.

Avatar do usuário
wagnerbarro
membro
Mensagens: 70
Registrado em: 27 Dez 2011 22:20
Localização: São Carlos

Re: trem de pouso (base de fixação do servoless)

Mensagempor wagnerbarro » 23 Fev 2018 08:53

Obrigado pela contribuição de todos, levarei em considerações os pontos e sugestões destacados.


Voltar para “Dúvidas sobre construções ”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 7 visitantes